No computador nosso de cada dia há alguns softwares que são preciosas ferramentas para elaboração de uma aula:

internet

Trata-se aqui de aprender a lidar com eles para enriquecer as atividades escolares dos alunos.

Este workshop é ministrada em laboratório de informática para que os professores possam aprender de forma prática a manipular estes recursos tecnológicos.

Ótima atividade para compor o planejamento  !

Contrate : centrodestudos@centrodestudos.com.br

Tags: , , , , ,

Comentários (7)



 

A música deve estar presente no currículo escolar .

Uma ótima dica é a construção de instrumentos com lata feita pela Associação Brasileira de Embalagens de Aço (ABEAÇO )

Vale a pena conferir!

Tags: , , , , ,

Comentário (1)



17
mar

 

O procedimento de pesquisa que deve ser usado na escola é a OBSERVAÇÃO.

Uma sala de alunos é um coletivo , porém , ela é formada por cada aluno e observá-los em ação é uma tentativa de entendê-los e ajudá-los de modo individualizado a ter sucesso em sua trajetória escolar.

Os alunos que apresentam maiores dificuldades são os que nos chamam mais atenção e , portanto, devem ser os primeiros objetos de estudo da escola.

A observação possibilita saber o que causa no aluno: a lentidão de efetuar as tarefas nunca terminadas, a agressividade presente um com os outros, a distração, dentre outros.

É um recurso importantíssimo para traçar diagnósticos , como também, apresentar estratégias de ensino que minimizem ou sanem as dificuldades encontradas pelos alunos.

Critério para usar o recurso da Observação:

Queixa de professor em relação a sala de modo geral. Diz que a sala é muito indisciplinada e não consegue levá-la para um comportamento adequado para o estudo.

Queixa de professor em relação a um aluno específico : agitado demais, atrapalha os colegas, agressivo com todos, não faz tarefas etc..

Queixa dos pais em relação a um aluno , a classe como um todo ou do professor que não sabe lidar com a classe.

Prazo para a Observação:

Mínimo : 1 semana

Máximo: 4 semanas

Períodos:

Inicialmente todo o período de aula

Após 1 semana períodos alternados : início da aula, após o intervalo, no final da aula.

Início:

Reunir com o professor e comunicá-lo que o recurso da Observação será usado em sua sala de aula visando conhecer melhor a classe ou o aluno e a partir disso traçar estratégias para resolver as dificuldades encontradas.

Se a queixa partiu dos pais comunicá-los que a escola usará o recurso da Observação para entender melhor o que está acontecendo.

Quem faz a Observação:

– Pode ser um auxiliar de classe;

– Pode ser a Orientadora Educacional ou Coordenação;

– Pode ser um Monitor Pedagogo.

Procedimentos para a Observação:

– O observador deve contar com um caderno de campo no qual fará suas anotações de duas maneiras: relato de tudo o que está vendo acontecer e ,do outro lado, suas impressões ou dizendo de um outro modo, o que lhe passar pela cabeça a respeito do que está vendo.

No término da Observação todas as anotações comporão uma análise que resultará em um documento apontando as dificuldades e sugerindo estratégias de saná-las.

Haverá muitas surpresas ao fazer esse procedimento porque, em geral, as soluções são de fácil aplicação e muito simples ,sobretudo, quando se trata de problemas com toda a classe .

 

Tags: , , , , ,

Comentário



 

Se você é um amante dos livros, não perca  esse lindo o filme de animação Os fantásticos livros voadores.

Não deixe de assistir . Não deixe de assistir com seus filhos. Não deixe de assistir com seus alunos.

 

Tags: , , ,

Comentário



 

A internet possui inúmeros recursos que podem e devem ser utilizados em sala de aula:

Trata-se aqui de aprender a lidar com eles para enriquecer as aulas.

Este workshop é ministrado no laboratório de informática para que os professores possam aprender de forma prática a manipular estes recursos tecnológicos.

Ótima atividade para compor o planejamento de janeiro!

Tags: , , , , , , ,

Comentário



 

 

Apesar do advento da cibernética, da automação, das novas tecnologias de informação e telecomunicação ainda é corriqueiro a presença de escolas em nossa sociedade, cuja estrutura e funcionamento está baseada no modelo taloyrista de produção, caracterizado por: divisão do tempo, especialização e distinção estanque das atividades, trabalho regularmente prescrito, hierarquia das funções, das disciplinas, dos trâmites, normas de desempenho, controles padronizados, produção em massa de produtos em série.

Como é possível a escola continuar no século XX e a sociedade, isto é, os alunos em 2012 no século XXI interagindo no Youtube, com games, no Facebook, no Twitter, navegando pela internet, ipad, ao celular?

De que forma a escola deve se transformar em um centro de inovação do pensar, da prática de ensino e da busca do saber de acordo com o século XXI ?

A palestra A Escola como Centro de Inovação vai responder essas questões.

Contrate esta palestra para o seu planejamento escolar: centrodestudos@centrodestudos.com.br

Tags: , , , , , , ,

Comentários (3)



 

A palestra Projetos Interdisciplinares: quais os desafios?  visa oferecer elementos para compreender:

– que a interdisciplinariedade é um dos eixos organizadores da doutrina curricular expressa na LDB;

– que a interdisciplinariedade é uma proposta política/pedagógica que promove a integração entre as diferentes áreas do conhecimento, evitando a dicotomia entre: base nacional comum e parte diversificada;

– as exigências teóricas/práticas para um Projeto Interdisciplinar;

– que autonomia intelectual, criatividade, solução de problemas, análise e prospecção são competências desenvolvidas por meio de Projetos Interdisciplinares.

É uma palestra bem aceita pelos professores e tivemos a oportunidade de ministrá-la em diferentes redes de ensino público municipal , Campinas, Caconde, dentre outros e em algumas escolas particulares.

Contrate esta palestra: centrodestudos@centrodestudos.com.br

Tags: , , , , , ,

Comentários (2)



 

O grande objetivo da pedagogia ecológica é construir um mundo sustentável a partir do conhecimento da natureza aliada a uma visão de mundo sistêmica cujos conceitos teia dinâmica de relações, multiplicidade, interconexão e probabilidade, são absolutamente importantes para fazer um contraponto com a nossa confortável visão de mundo mecanicista/newtoniana.

A pedagogia ecológica visa transformar tanto a organização espacial/temporal da escola, como também a organização curricular, hoje possível em função da Lei de Diretrizes e Base da Educação 93.94/96. Além de forjar eco-comportamentos necessários para dar sustentabilidade ao meio ambiente nestes próximos anos.

A palestra Pedagogia Ecológica: o caminho de uma educação para um mundo sustentável  possui o seguinte enfoque:

- A visão sistêmica e a teoria da complexidade de Edgard Morin;

– Construção de conceitos: rede, multiplicidade, não-linearidade;

-A problemática do aquecimento global, mudanças climáticas;

– Conceito de lugar – eco – casa – próximo/distante;

– Os princípios norteadores do projeto político/ecológico/pedagógico da escola;

– A estrutura física de uma escola ecologicamente correta;

– Estrutura e funcionamento de uma escola ecologicamente correta;

- Perfil dos profissionais para atuarem na Eco- Escola;

– Modelo de projeto político/ecológico/pedagógico da escola;

– Modelo de Regimento Escolar para uma escola ecológica;

– Aprendizagem por Projetos Inter/Multidisciplinares para uma escola ecológica.

Contrate esta palestra para o seu planejamento: centrodestudos@centrodestudos.com.br

Tags: , , , , , , ,

Comentários (2)



 

Convenhamos, o Outro nos assusta. Esse Outro que não é o Mesmo que Eu é uma grande incógnita. A diferença nos assombra. Mas é preciso compreendê-la em função da inclusão escolar , hoje uma exigência da legislação de ensino.

Quem é este aluno sentado diante de mim?

Quais são os seus desejos?

Quais são as suas preocupações e motivações?

E quem é este aluno que é surdo ou aquele que é cego que possui uma singularidade de ser no mundo?

A diferença provoca o bullying?

Tentar responder essas questões não é nada fácil, no entanto, tentaremos respondê-las abordando o conceito de diferença segundo Deleuze, Guattari, Foucault, Derrida e perseguindo o entendimento sobre o aluno contextualizado no século XXI, além de apresentar a pedagogia da diferença.

Contrate esta palestra para o seu planejamento: centrodestudos@centrodestudos.com.br

Tags: , , , , , , ,

Comentários (5)



 

Cada escola possui uma identidade, uma característica única e que deve ser reflexo do seu Projeto Político/Pedagógico.

Ocorre que nem sempre é assim. Muitas vezes o nome da escola que é a primeira característica a ser conhecida, por exemplo, não tem nada a ver com o modo de ensinar e de aprender praticado naquela escola. Não há também uma identidade visual. Não encaixa com nada. <br><br>

Outro exemplo: a prática do dia a dia da escola não revela os princípios descritos no documento projeto político/pedagógico. Isto é, uma coisa é o que está escrito, outra é o que realmente acontece.

A proposta da palestra Identidade Escolar e o Projeto Político/Pedagógico  é discutir a seguinte questão de identidade:

“o que a nossa escola é (prática pedagógica do dia-a-dia) corresponde com o que ela diz que é (projeto político/pedagógico)?

A resposta a esta questão conduz, necessariamente, a:

Transparência;

Ética;

Responsabilidade educacional da instituição escolar. <br><br>

Contrate esta palestra para o seu planejamento de 2012 : centrodestudos@centrodestudos.com.br

Tags: , , , , ,

Comentário (1)



Page 1 of 212



  • Veja Também


    Meta