23
set

Sou professora pioneira em cursos livres e online porque tudo começou em 1996 no momento no qual entrei em contato pela primeira vez com a internet e fiquei maravilhada com as possibilidades. Na época eu já era consultora educacional em uma escola particular e ministrava cursos de formação para professores.

eusonia2

Daí para pensar em criar um ambiente virtual de aprendizagem foi um pulo. Eu desenhei o esquema que queria no papel  e uma agência de informática fez uma primeira versão. Hoje trabalho com a terceira versão, porque ao longo do tempo houve necessidade de inserir novos recursos que na época não eram disponíveis, tais como vídeos, mesmo porque o Youtube não havia sido criado e o Google ainda engatinhava.

A minha primeira turma de professores em curso de formação a distância e online foi em 2001 com o curso Projetos Interdisciplinares na escola. Foi ótima a experiência e de lá para cá foram inúmeros professores que passaram pelos cursos que criei e lecionei.

Eu sempre fui entusiasta das novas tecnologias e sempre apostei no ensino a distância, porque eu acho que o conhecimento pode ser construído de várias maneiras e uma delas é online.

Eu mesma participo de um curso online, cujos professores estão nos Estados Unidos e a turma é composta de pessoas de todos os cantos do mundo.

De modo que acho sensacional estudar,aprender e ensinar pela internet, razão pela qual invisto meu tempo e dinheiro na iniciativa de manter cursos livres e online para profissionais de diferentes áreas do conhecimento.

E este meu entusiasmo acabou contaminando profissionais da área da construção civil quando fechamos uma parceria com o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Arquitetura – IBDA.

O arquiteto Eduardo Salmar com o curso Terra Crua:especificações para projetar em blocos e painéis monolíticos e os engenheiros eletricista Emílio Carlos Bortolucci com o curso Eficiência Energética em Edificações-simuladores e civil Mauro Lozano com o curso Muro de Arrimo em Solos Refoçados: noções básicas entraram nesta experiência e com sucesso já estão batendo a marca de quatro anos na rede.

A ideia que temos é fazer com que profissionais experientes em uma determinada área elaborem seus cursos oferecendo para outros profissionais que precisam daquele conhecimento para dar um upgrade na carreira ou nos serviços que prestam. E tem dado resultado.

Os cursos que leciono na área da educação possuem algumas modalidades: 100% online e semi-presenciais. Quando são semi-presenciais é utilizado os conteúdos que estão disponibilizados no ambiente virtual de aprendizagem como apoio aos encontros presenciais e este é um modo muito positivo de ensinar/aprender porque o professor em geral pouco acostumado em lidar com as novas tecnologias, aproveita a oportunidade para aprender também a utilizar estes novos recursos pedagógicos.

Os cursos que leciono no momento a distância, online:

A escrita e a leitura na perspectiva vygotskyana
Cultivando as Virtudes nos Primeiros Anos da Escolarização
Projetos Interdisciplinares na escola

É uma grande aventura deste século XXI ensinar/aprender em salas de aulas virtuais, com alunos de todos os cantos do país e tão próximos do conhecimento.

Tags: , , ,

Veja Também:

6 Comentários »

  1. keila comenta:

    novembro 14, 2013 @ 1:15

    eu posso reprova em uma material so professor

  2. Profa. Sônia Aranha comenta:

    novembro 14, 2013 @ 1:54

    Keila, não entendi direito mas pode sim reprovar em um único componente curricular se isso constar no Regimento Escolar de sua escola. Não é recomendável do ponto de vista pedagógico , mas pode e você e sua família poderão contestar este critério, ok?

    Abraços

  3. liduina comenta:

    fevereiro 12, 2014 @ 23:46

    Eu queria saber como ficou a data-corte para 2014 em Fortaleza -Ceará.? ou se vão aderir o doc. do juiz federal? Sera q posso ter esta resposta. Obrigada.

  4. Sônia R. Aranha comenta:

    fevereiro 13, 2014 @ 13:25

    Olá Liduina,

    Em Fortaleza a data-corte é 31/03.

    Para haver mudanças no Ceará é preciso que o Ministério Público Federal do Ceará impetre ação civil pública contra a data-corte ou a ação de Santa Catarina seja aceita e reverbere para os demais Estados.

    Mas por hora a data-corte do Ceará é 31/03.

    Abraços

  5. Cleide da Silva comenta:

    fevereiro 5, 2015 @ 21:31

    Professora Sônia li alguns artigos seus e gostei de suas publicações,gostaria de uma informação sua:uma escola que teve sua autorização de funcionamento cassada pode rever essa autorização de volta,qual caminho a ser tomado,que providência tem que ser tomadas.

  6. Sônia R. Aranha comenta:

    fevereiro 12, 2015 @ 4:47

    Cleide, seria preciso saber o motivo pelo qual foi cassada, verificar junto a Secretaria de Educação quais providências terão que ser tomadas para que conquiste novamente a autorização.
    Todo o processo inicia junto da Secretaria.. mas eu acho mais fácil começar do zero.. constituir uma nova escola ..

Por favor, Deixe um comentário aqui !




  • Veja Também


    Meta