O ideal para uma escola particular da Educação Básica é iniciar seu planejamento financeiro do próximo ano letivo em junho, para que julho possa fechá-lo e iniciar sua campanha de matrícula em agosto ou no mais tardar em setembro.

Para isso é preciso contar com uma boa previsão de aumento de folha de pagamento, custos fixos , inflação e demais custos para poder reajustar os valores das mensalidades de forma correta e permanecer com as portas abertas.

Não é fácil fazer esse cálculo, mas é extremamente necessário.

O que podemos dizer , baseados neste ano de 2012,  é que as mensalidades das escolas particulares do Estado de São Paulo sofrerão reajuste de no mínimo de 10% e no máximo 13%. Portanto, novamente será acima da inflação.

Isso ocorre porque a inandimplência cresceu de 3% para 8% em 2011 e é provável que não houve  mudança significativa em 2012.

O que é preciso fazer para calcular a mensalidade e não ser acionado pelo Procon?

Planilha de Custos – que justifique o aumento visando a garantia da qualidade de ensino.(veja aqui) Ela deve ser composta por: salários de funcionários, impostos, inflação, custeio do espaço físico e estrutura funcional da escola, investimentos e inadimplência

Não esqueçam que no cálculo a ser feito e apresentado na Planilha de Custos deve ser introduzido no item folha de pagamento um ou dois profissionais de educação especial para o trabalho com alunos de inclusão .

A inclusão é uma realidade e as escolas não podem alegar que faltam-lhes condições de atendimento quando procuradas pelos pais na ocasião da matrícula.

Toda  escola deverá acolher todo tipo de aluno, sob pena de sofrer graves consequências, (vejam aqui) inclusive gerando um marketing negativo, extremamente perigoso para desencadear uma demanda declinante em números de matrícula.

Portanto, o custo de profissional de educação especial ou auxiliares de classe (um para cada sala de aula)  é fundamental para atender a legislação vigente.

Tags: ,

Veja Também:

6 Comentários »

  1. Luiz Fernando Braga Loureiro comenta:

    dezembro 24, 2012 @ 20:52

    Ela passou da 4ª para 5ª série /6º ano.

    Mensalidade da minha filha passou de R$ 236,00 para R$ 356 em 2013, um aumento de 50%, omo tevo proceder ?

    Se recusar a pagar já em Jan /13, o Colégio pode proibir minha filha de entrar na escola ?

    Peço orientação…..
    Fernando Braga.

  2. Profa. Sônia Aranha comenta:

    dezembro 25, 2012 @ 1:06

    Olá Luis Fernando! Feliz Natal para você!!

    Bem, a escola reajustou o valor em R$ 50,84% isso é incomum. Normalmente o reajuste gira em torno de 8% a 12%.

    Segundo a LEI No 9.870, DE 23 DE NOVEMBRO DE 1999 estabelece as regras para os reajustes.

    Leia o lei: http://blog.centrodestudos.com.br/2012/10/reajuste-de-matricula-2013/

    Você tem todo direito segundo esta lei de solicitar a Planilha de Custo que deverá justificar o motivo do aumento e ao mesmo tempo ir até o Procon para que este órgão acione a escola já que é uma questão de direito do consumidor e parece ser um aumento abusivo,ok?

    Vc terá que ir ao Procon , caso contrário será obrigado já em janeiro efetuar o pagamento da mensalidade de sua filha.

    Abçs

  3. thaize comenta:

    janeiro 21, 2013 @ 21:33

    gostaria de saber se minha filha pode estudar à noite , pois ela tem 14 anos e irá completar 15 em fevereiro 15 anos. É uma criança que não trabalha à noite e muito imatura, mas a escola diz que sim e que nâo tem vaga cedo para ela estudar,acabei forçada a fazer matricula para ela à noite.
    obrigado
    aguardo resposta

  4. Profa. Sônia Aranha comenta:

    janeiro 24, 2013 @ 3:14

    Olá Thaize,

    Eu aconselho que você vá ao Conselho Tutelar e denuncie a escola.
    Você é de São Paulo?
    Ajuda eu saber ok?
    Ela é menor e menor não pode estudar no período noturno.
    Mas me diga qual é a cidade.
    Abraços

  5. Renata comenta:

    abril 25, 2013 @ 21:10

    Boa noite.
    Matriculei meu filho no final do ano passado em uma escola particular, para o mesmo cursar o 6º ano em 2013. Com mensalidade de R$135,00 e agora para o vencimento de Maio veio no bolheto R$165,00 esse valor está certo? Como devo proceder?
    Desde já agradeço.
    Renata Duarte

  6. Profa. Sônia Aranha comenta:

    abril 26, 2013 @ 16:15

    Renata, boa tarde!

    A primeira providência é você ler o contrato de prestação de serviço que vc deve ter assinado.
    Leia as clausulas e verifique se em uma delas consta o período de reajuste.
    Se não constar, a regra é reajuste apenas no final do ano.
    Pegue o contrato e vá até o PROCON que eles saberão lhe informar os procedimentos.
    Você também poderá pedir para a escola a planilha de custos que justifica este aumento, ok?
    Abraços

Por favor, Deixe um comentário aqui !




  • Veja Também


    Meta