Arquivo de Saúde

23
mai

Escolas, informem os pais sobre o vírus H1N1

por Sônia R. Aranha às 16:23 em: Saúde

Em algumas cidades do Estado de São Paulo está havendo casos de gripe causada pelo vírus H1N1 com óbito. A situação preocupa o Ministério da Saúde porque os óbitos no Estado de São Paulo representam 90% da ocorrência em todo o país.

De modo que precisamos informar os pais das escolas como reconhecer alguns sintomas e o mais importante como  prevenir o contato com o vírus.

Sintomas:

Febre alta = acima de 38°C e início repentino
Dor de Cabeça = a intensidade é média
Secreção Nasal = intensa
Catarro = intenso
Manchas na pele = não há
Tosse= forte
Dor muscular = intensidade média
Espirros= sim
Mal estar = sim
Cansaço = intensidade média
Dor nos olhos = não, exceto se houver associado conjuntivite
Calafrios = associado a febre alta
Período de incubação= 3 a 5 dias
Transmissão=por contato direto entre pessoas e animais, entre pessoas e pessoas ou entre pessoas e objetos contaminados.

Atenção escola: se estes sintomas surgirem nos alunos em sala de aula, por exemplo, uma febre repentina entre 38°C e 39°C, de imediato ligue para os pais e peça que venham urgente para a escola e sigam para o hospital certificando-se que lá o medicamento, com os princípios ativos fosfato de oseltamivir e zanamivir presentes no  Tamiflu e Relenza, seja administrado no prazo de 48 horas que se seguem ao aparecimento dos sintomas.

O Ministério da Saúde recomenda que este medicamento deve ser utilizado mesmo se houver apenas uma suspeita do vírus H1N1.

Recomendação de prevenção são do Dr. Drauzio Varella:

* Lavar frequentemente as mãos com bastante água e sabão ou desinfetá-las com produtos à base de álcool;

* Jogar fora os lenços descartáveis usados para cobrir a boca e o nariz, ao tossir ou espirrar;

* Evitar aglomerações e o contato com pessoas doentes;

* Não levar as mãos aos olhos, boca ou nariz depois de ter tocado em objetos de uso coletivo;

* Não compartilhar copos, talheres ou objetos de uso pessoal;

* Suspender, na medida do possível, as viagens para os lugares onde haja casos da doença;

* Procurar assistência médica se surgirem sintomas que possam ser confundidos com os da infecção pelo vírus da influenza tipo A.

Escolas atenção:

Utilizem novamente o álcool gel na entrada das salas de aula;

Orientem os alunos para manter as mãos limpas;

E avisar todos os pais caso ocorra algum caso na escola.

Tags: , , ,

Comentário






  • Veja Também


    Meta