15
mar

A verdadeira origem do Coelhinho da Páscoa

por Sônia R. Aranha às 2:14 em: Educação

 

A verdadeira origem do Coelhinho da Páscoa se dá  com a lenda da deusa pagã Eostre ou Ostara, de origem anglo-saxã, cujo animal favorito era a lebre e não o coelho.

Conta-nos a lenda que a Eostre adorava crianças e que sempre estava rodeada por elas. Para entretê-las a Deusa Eostre cantava e também fazia suas magias.

Um dia em que a Deusa Eostre estava sentada junto às crianças um pássaro surgiu e pousou em uma de suas mãos. Ela adorou a surpresa e dizendo algumas palavras mágicas o transformou em uma lebre, o animal que mais gostava. As crianças ficaram encantadas com a magia da deusa.coelhinho

Os meses se passaram e as crianças foram percebendo que a lebre estava infeliz, porque queria voar e ser pássaro novamente, pediram para a deusa Eostre que revertesse o encanto, mas a deusa, mesmo tentando de tudo,não obteve sucesso para suspender o encantamento.

Deu-se conta, no entanto, de que era preciso deixar passar o inverno para que seus poderes que estavam diminutos se restabelecessem. Quando a primavera chegou, os poderes da deusa Eostre estavam vibrantes, podendo transformar a lebre em pássaro, mas só por algum tempo porque gostava muito das lebres. E foi o que fez.

O pássaro agradeceu muito a deusa Eostre por tê-lo transformado novamente, mesmo que por alguns momentos, e para celebrar a liberdade e às crianças, botou vários ovos.

Ao ser novamente transformado em lebre pintou todos os ovos e os distribuiu por todo o mundo.

Assim nasceu a tradição do coelhinho da páscoa, coelho que distribui ovos.

A deusa Eostre era considerada a Deusa da Fertilidade, por isso que os seus símbolos eram: a lebre, que representa a fertilidade e o os ovos que significam o início de uma nova vida.

A páscoa, em inglês é Easter, origem Eostre, a deusa, originou-se de cultos pagãos que foram assimilados pela cultura judaico-cristã.

Tags: , , ,

Veja Também:

Por favor, Deixe um comentário aqui !




  • Veja Também


    Meta