Você concluiu a graduação e a faculdade agora diz que não pode emitir o diploma, porque o seu certificado de ensino médio é inválido e precisa de um visto confere?

Leia o testemunho da Cintia a este respeito:

Venho aqui para brevemente relatar meu caso em agosto de 2016 terminei minha graduação, quando fui retirar meu diploma e histórico 60 dias após a colação de grau fui barrada porque a faculdade alegou que meu ensino médio eu precisava validar pois eu tinha um histórico e ele não estava certificado, inocentemente fui até a escola que conclui em 2010 , simplesmente ela sumiu! ( Centro Educacional Carioca, essa é a “Escola”) eu não sabia absolutamente nada e nem o que fazer voltei na faculdade pedindo ajuda eles não souberam me orientar, fui para o google no qual, graças a Deus, achei esse site da Sônia Aranha, explicando exatamente a minha situação, fui orientada por ela sobre o que fazer e ela me indicou a Dra Lais Gonçalves no qual me ajudou com todo meu processo que tive que entrar contra a SEEDUC. O processo demorou mais ou menos 6 meses mas consegui pegar meu diploma na faculdade e assim poder trabalhar na minha profissão em que escolhi e na qual me dediquei 4 anos sem saber que havia sido engana num supletivo fajuto. Só tenho a agradecer por todo apoio. Obrigada.”

Fico muito feliz de ter podido ser a ponte para ajudar a Cintia e tantos outros alunos que foram enganados.

Se este é o seu caso, nos procure: contato@soniaranha.com.br ou saranha@mpcnet.com.br que indicaremos advogada com experiência para atuar no seu caso.

 

 

Tags: , ,

Veja Também:

152 Comentários »

  1. Larissa comenta:

    setembro 18, 2017 @ 3:55

    Oi eu tenho uma dúvida, estava lendo os posts sobre certificado inválido que me deixou com medo.
    Fiz o EJA a distância numa escola do Rio de Janeiro, recebi meu certificado e foi publicado no diário oficial, no verso do certificado tem a publicação no diário oficial e uma autenticação do cartório, mas não tem carimbo da secretaria da educação. Meu certificado é inválido?

  2. Sônia R. Aranha comenta:

    setembro 19, 2017 @ 17:47

    Larissa, por intermédio de suas informações o certificado não é válido.

    att

  3. Larissa comenta:

    setembro 19, 2017 @ 18:11

    Como eu faço para validar?

  4. Sônia R. Aranha comenta:

    setembro 19, 2017 @ 20:01

    Larissa, puxa difícil.. depende.. cada caso é um caso…

    1) Precisa saber se quando o certificado foi emitido a escola que o emitiu tinha autorização de funcionamento.
    2) Se tinha, precisa entrar com processo junto a Secretaria de Educação do Estado da escola que certificou
    ou
    3) Tentar a Justiça.

    Caso tenha condições financeiras para consultar um advogado posso lhe indicar um para que ele verifique as possibilidades de procurar a Justiça.
    Mas isso só é relevante se você já fez faculdade e se formou, caso contrário, como é caro e demorado, sugiro que faça supletivo novamente em escola pública para obter um certificado válido ok?

    abraços

  5. MARIVALDO comenta:

    outubro 5, 2017 @ 13:37

    Eu também fui vitima de certificado do Colégio Cristão USA
    Em 2001
    do ensino médio
    fiz tudo provas e pagamentos na época
    e agora

    quais sao os procedimentos juridicos a tomar

  6. Sônia R. Aranha comenta:

    outubro 6, 2017 @ 17:54

    Marivaldo, depende se você tem um certificado pelo menos para provar que lá estudou e se esta escola em 2001 tinha autorização para funcionamento. Sei que a escola estava em sindicância porém desconheço se esta sindicância iniciou em 2001.

    Recomendo que constitua um advogado e tente resolver na Justiça

    http://www.jornaljurid.com.br/noticias/justica-valida-certificado-de-aluno-formado-antes-do-fechamento-da-escola

    Caso precise posso indicar advogado especializado em direito educacional de São Paulo. Entre em contato: sonia@centrodestudos.com.br

    abraços

  7. Gleyciane comenta:

    fevereiro 19, 2018 @ 18:56

    Boa tarde,

    Meu marido fez faculdade a distancia e terminou em 2017, agora esta precisando do Diploma para um concurso com prazo até 26/02 e a faculdade não quer emitir ate o mesmo colar grau que sera somente dia 17/03. Tem algo que ele possa fazer?

    Atenciosamente,
    Gleyciane

  8. Sônia R. Aranha comenta:

    fevereiro 22, 2018 @ 1:40

    Gleyciane, como a situação é difícil, constitua advogado e impetre mandado de segurança solicitando tutela antecipada para o juiz determinar que a faculdade emita o diploma de imediato sob pena de prejuízo iminente, ok?

    abraços

  9. Daniel comenta:

    maio 17, 2018 @ 3:41

    Olá boa noite,
    Gostaria de tirar uma dúvida, eu fui vítima de um estelionato, de uma escola que emitia diplomas que vinha de uma escola do Rio de Janeiro, eu estudei em São Paulo, e nunca pisei no RJ.
    Meu diploma é do centro educacional carioca, e pelo que li no blog, muitas pessoas foram vítimas também desta escola, eu descobri que também fui vítima em 2016, eu fiz o supletivo em 2011, tenho o certificado histórico escolar, e publicação no diário oficial, mas pelo o que vi não quer dizer nada, porque a escola não pode certificar alunos de outros estados, e eu sei que essa escola parou de funcionar em 2009, portanto como me formei em 2011 meu certificado não é valido, tentei procurar a escola aqui em São paulo e nada, ela sumiu e não consegui contato com ninguém portanto eu deixei pra lá e para não perder tempo eu entrei em outro EJA a distância, mas dessa vez pesquisei muito bem a escola e ela é conceituada em São Paulo, liguei na secretaria de ensino e está tudo regularizado a escola é o Instituto Universal Brasileiro, minha dúvida é a seguinte, eu já passei nas provas dessa nova escola que estou estudando, agora só estou esperando, o certificado, histórico e a publicação no gdae, por eu ter tido a publicação no diário oficial, pode ter algum problema, para ter a publicação no gdae?

    Desde já agradeço, pelo belo trabalho que tem feito com o blog, ajudando nós que fomos vítimas de estelionatários, meus parabéns!!!

  10. Sônia R. Aranha comenta:

    maio 21, 2018 @ 17:56

    Daniel, eu acho que não haverá problema porque o outro certificado não é válido.. e não é válido em São Paulo.

    ok? abraços

  11. Daniel comenta:

    maio 21, 2018 @ 22:41

    Obrigado pela atenção, fiquei um pouco mais aliviado agora!!!!

  12. Jessica comenta:

    julho 5, 2018 @ 2:58

    Olá, eu caí no mesmo golpe, me formei em 2010 e no Diploma veio Centro Educacional Carioca. Entretanto tenho uma dor de cabeça maior pois só fui descobrir agora que estou pra receber o diploma da minha faculdade. Realmente não sei o que fazer, na época recebi o Certificado escolar, histórico e meu nome foi lançado no Diário oficial. Como devo proceder agora? Não tenho tempo para fazer um novo supletivo, estou muito triste pois achei que pegaria meu diploma da faculdade em Agosto, algo que lutei tanto e agora me encontro sem saída. Se puder me ajudar Sônia, me indicar um advogado e ver o que posso fazer. Obrigada!

  13. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 5, 2018 @ 5:16

    Jessica, cada caso é um caso. Como você já concluiu a faculdade acho que seria interessante pensar em uma ação judicial consultando um advogado.Alerto apenas que a consulta não é gratuita.Ele analisará seus documentos e lhe orientará. Indico via e-mail.

    Outra possibilidade seria você , dependendo de onde mora, fazer CEEJA , que é supletivo flexível, basta fazer as provas.E obtendo o certificado daí terá que seguir para a faculdade ..ela não emitirá o diploma, mas daí você já terá um certificado válido e poderá seguir para o Conselho Nacional de Educação visando convalidar o seu estudo e fazer com que a faculdade emita o diploma , ou seguir para a Justiça que fica mais fácil de resolver o problema.

    ok? abraços

  14. Parker comenta:

    julho 8, 2018 @ 16:44

    Eu conclui o ensino médio no instituto Brasileiro de Ensino a Distância (IBED) em Curitiba-PR, em 2014, e hoje li uma matéria na internet que diz que todos os certificados, emitido por essa instituição foram cancelado. Poderia me dizer oque se pode ser feito para que eu regularizo?

  15. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 8, 2018 @ 17:06

    Parker,

    1) Leia o PARECER CEE/CEMEP Nº 411/17 http://www.cee.pr.gov.br/arquivos/File/pdf/Pareceres_2017/CEMEP/pa_cemep_411_17.pdf

    Nele há todo o processo e as providências.

    2) Entre em contato com a Secretaria de Educação do Estado do Paraná para informar-se dos procedimentos que você precisará fazer, ok?

    abraços

  16. Parker comenta:

    julho 8, 2018 @ 17:40

    ok

  17. Jonas comenta:

    julho 15, 2018 @ 2:35

    Boa noite, conclui meus estudos no centro educacional podio. Sou do Rio de Janeiro; Ja peguei o certificado, historico e publicação em diario oficial. tenho visto uma serie de reclamações desse colegio. Será que o meu é verdadeiro? Mesmo com toda a documentação tem risco de nao ser verdadeiro? A publicação eu imprimi a partir do site do DOERJ, o Jusbrasil.

  18. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 16, 2018 @ 4:55

    Jonas,

    Depende … o Pódio perdeu a autorização de funcionamento.. se o seu certificado foi emitido quando o Pódio tinha autorização e tem visto confere no verso.. está ok.. caso contrário não..

    Precisa saber quando o Pódio perde a autorização para verificar a data da emissão do seu certificado..

    ok?

    abraços

  19. Jonas comenta:

    julho 17, 2018 @ 2:24

    Entendi Sônia, mas no caso, eu tenho toda a documentação… histórico, certificado de conclusão e publicação em diário oficial, tudo emitido em fevereiro de 2017, sendo que o colégio perdeu o credenciamento em maio de 2017, até ai tudo bem. O meu certificado tem a assinatura do direto e secretária, mas não tem da secretaria de educação. Eu posso solicitar essa assinatura? Pois é a unica coisa que falta pra mi,.

  20. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 17, 2018 @ 5:09

    Jonas, pode solicitar … o visto confere.. para a SEEDUC ..

    Resolução SEEDUC n.3526/2007 http://normaseducacionaisrj.blogspot.com/2011/06/resolucao-seeduc-n-3526-de-08-de-maio.html

    ok?

    abraços

  21. Jonas comenta:

    julho 17, 2018 @ 2:31

    A funcionária da Secretaria de educação aqui do RJ disse que a assinatura do inspetor não é obrigatoria, e sim a da diretora e da secretária do colégio. Aí fiquei na dúvida.

  22. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 17, 2018 @ 5:04

    Jonas, não é este o meu entendimento:

    IX – solicitar a presença de servidores da Equipe de Acompanhamento e Avaliação para assinatura dos Certificados e Diplomas após a devida publicação;

    Resolução SEEDUC n.3526/2007 Leia http://normaseducacionaisrj.blogspot.com/2011/06/resolucao-seeduc-n-3526-de-08-de-maio.html

    Acho que é isso …

    abraços

  23. Claudio comenta:

    julho 19, 2018 @ 1:20

    então sonia, eu gostaria de saber quando o centro educacional podio perdeu o credenciamento para publicar em diario ofical os concluintes do ensino medio a distancia. Porque eu conclui em 2015 no segundo semestre e so vieram publicar em fevereiro de 2017. Pode isso? Na publicação consta que terminei em 2015 mas foi feita em 2017. Pode me dar problemas? pq o colegio nao funciona mais.

  24. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 20, 2018 @ 4:19

    Claudio, o Colégio Pódio teve problemas com a SEEDUC que também demorou uma vida para dar o visto confere e publicar no Diário Oficial. Esse lapso de tempo de 2015 para 2017 deve ter sido isso.

    Pode ter problemas sim principalmente se não é do Estado do Rio de Janeiro, porque as faculdades paulistas, por exemplo, não estão aceitando certificado de ensino médio a distância de escolas do Rio de Janeiro.

    Se der problemas há uma saída da Justiça

    ok?

    abraços

  25. Claudio comenta:

    julho 19, 2018 @ 1:21

    e sendo que antes de 2017 o colegio tinha credenciamento, pelo menos na epoca que conclui não havia problemas

  26. Anônimo comenta:

    julho 21, 2018 @ 7:53

    Sonia eu reci meu certificado do podio e moro no rj mesmo, nsó que foi em 2017 tbm e não estava mais regularizado. Ocorreu maior confusão e inumeros processos para o colégio, daí em 2017 mesmo o Juiz concedeu uma liminar e obrigou a seeduc a publicar o nome dos alunos que concluiram mesmo com o colégio tendo problemas em 2015. Meu nome saiu nos concluintes de 2015. Na parte de tras do certificado diz que ele foi publicado do doerj por uma liminar autorizada pelo juiz. aí tem o numero do processo atras do certificado. será que esta valido?

  27. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 21, 2018 @ 13:56

    Anônimo… Não sei lhe responder… é provável …

  28. Claudiana de Oliveira comenta:

    julho 26, 2018 @ 15:19

    Por favor gostaria que me ajudasse fiz supletivo pela escola cfac
    Estou desesperada pois fui fazer minha matricula no curso técnico e meu histórico ficou lá para para vê se tem validade!
    Eu concluir o supletivo no dia 04 /09/2012
    Tendo assinatura do diretor
    Assinatura da secretaria escolar
    Inspetora escolar
    Eu fiz a provas na própria escola

  29. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 27, 2018 @ 16:58

    Claudiana, esta escola de fato foi cassada, mas tinha em Parecer CEE-RJ n.115/2008 com 5 anos de autorização. Então, você pode elaborar um documento para a direção do seu curso técnico informando que o Parecer CEE-RJ n.115/2008 tinha autorização até 2013 e que você lá estudou em 2012 e que o seu certificado tem visto confere (assinatura e carimbo da inspetora escolar) e que o seu nome saiu publicado no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro.

    Se mesmo assim o curso técnico não aceitar, você pode entrar com um processo no SEEDUC – Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro mas tem que ir até lá pessoalmente. O problema é que demora para que eles lhe deem um parecer. Você vai pedir para que eles forneçam uma certidão com força de certificado para que a escola permita a sua rematrícula.

    Outra possibilidade é via Justiça. E daí você terá que constituir um advogado. Posso lhe indicar uma do Rio de Janeiro que atua com questões de certificado e já conseguiu êxito em alguns casos. Entre em contato: sonia@centrodestudos.com.br

    abraços

  30. JORGE comenta:

    julho 30, 2018 @ 17:29

    Eu fiz em 2007 aproximadamente, um supletivo de ensino médio. Fazia a prova e mandava pro correio. Depois de um tempo , recebi o certificado do ensino médio, até então tudo ok.

    Entrei na faculdade, fiz alguns períodos, depois me transferi pra outra faculdade fiz outros períodos. Tranquei por uns 4 anos e retornei na faculdade anterior e finalmente depois de muito trabalho conclui o ensino superior.

    Porém não foi possível colar grau visto que o certificado estava irregular e não havia sido publicado no diário oficial. Fui até o diário oficial e não constava realmente a publicação. Foi aberto um processo administrativo pela faculdade junto a secretaria de educação e também não foi identificado meus dados e para piorar a escola que constava no certificado foi extinta.

    O que faço ? Pois paguei as mensalidades, apresentei o certificado 2 vezes e não foi informado qualquer irregularidade, e agora que conclui a faculdade não posso colar grau.

    Me sugeriram fazer novo supletivo , porém será que a faculdade aceitara visto que será posterior a conclusão do curso superior?

    Sugeriram Enem , porém se aplica mesmo caso acima.

    Fui em um advogado que me cobrou quase 4 mil para entrar com uma ação. Não disponho desse valor, pois pagar a faculdade ja foi bem dificil. Perco as esperanças e tudo que paguei.

    Moro em SANTO ANDRE – SP, mais terminei a faculdade no estado do RJ.

  31. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 30, 2018 @ 18:59

    Jorge,

    1) As orientações que você teve estão corretas.
    2) O valor de uma ação é essa mesma. Nenhum advogado fará por menos do que isso, porque é uma ação bem trabalhosa e não recomendo que você busque qualquer advogado porque o assunto é específico. O melhor é advogado que atua em direito educacional e por ser específico o valor é esse mesmo.
    3) Não é mais possível fazer o ENEM, porque ele não oferece mais a opção de certificação.
    4) Mas há o ENCEEJA – Exame Nacional de Certidificação de Educação de Jovens e Adultos, as inscrições ocorrerão em Maio de 2019 e o exame em outubro de 2019
    5) Outra opção melhor é fazer a matrícula no CEEJA que é supletivo público e flexível, isto é, não precisa frequentar, é gratuito e em pouco tempo você elimina as disciplinas. Em Santo André : Rua: Rubião Júnior, 283 – N. Colonial, Ribeirão Pires – SP, 09424-050
    Telefone: (11) 4823-7461 Entre em contato com eles.

    A melhor opção para o seu caso é fazer CEEJA.

    Após obter um certificado válido via CEEJA daí você apresentará o mesmo na faculdade, mas a faculdade não vai querer emitir o diploma porque haverá um conflito de datas: data do termino da faculdade será anterior a data do termino do ensino médio.

    Mas daí as coisas ficam mais fáceis porque você tem o certificado válido de ensino médio. E a faculdade lhe fornecerá (vc pedirá a ela) uma declaração do motivo pelo qual não pode emitir o certificado e neste momento você terá duas opções: solicitar do Conselho Nacional de Educação a convalidação de estudos ou buscar a Justiça em Santo André (defensoria pública) para exigir a emissão do certificado.

    ok?

    abraços

  32. Cristina comenta:

    agosto 14, 2018 @ 21:10

    Olá, boa noite.
    O meu caso é um pouco diferente mas gostaria de um auxílio. Terminei a faculdade em 2013 e estava tudo ok para pegar o diploma, porém depois me informaram que eu não poderia pegar porque não tinha alcançado pontos o suficiente. Depois de eu pagar mais 6 meses de faculdade, disseram que o problema não foram os pontos, mas a falta do número de CRA. Agora estão querendo que eu curse mais matérias para pegar meu diploma. Fui atrás do que a faculdade chama de Sala especial de estágio, porém me disseram que não tinha e posteriormente fiquei sabendo que tinha, mas não me incluiram e disseram que eu não fui atrás. Vale entrar com um advogado no caso? Quero muito meu diploma mas estão colocando cada vez mais coisas pra eu pagar. Não tenho mais condições.

  33. Sônia R. Aranha comenta:

    agosto 16, 2018 @ 3:42

    Cristina, sim constitua um advogado para intermediar a situação para você. O advogado irá analisar o caso, conversar com a faculdade para entender o que está acontecendo e tentar solucionar o caso, ok? E isso urgente porque faz 5 anos que você está nesta situação.

    abraços

  34. vitor comenta:

    agosto 15, 2018 @ 17:32

    sonia, as publicações a pedido da relação de concluintes do nivel médio passam pela secretaria de educação ou é o proprio colégio que envia para o diario oficial? Porque me disseram que publicações a pedido é o colégio quem paga. As publicações em diário oficial geralmente passam pela secretaria de educação? No caso das escolas particulares

  35. Sônia R. Aranha comenta:

    agosto 16, 2018 @ 3:33

    Vitor, depende do Estado. No Estado de São Paulo tem o GDAE que é um cadastro online. No Estado do Rio de Janeiro é a Secretaria de Educação a responsável por validade a publicação.

    ok?

    abraços

  36. jonas comenta:

    agosto 17, 2018 @ 2:38

    Sônia, sabe me dizer até que ano o colégio podio tinha autorização para funcionar e certificar? pq meu certificado e publicação em diário oficial foram emitidas em fev de 2017. só que conclui em 2015, e so recebi o certificado e publicação em 2017. Apesar do colégio ter tido problemas em 2015, sei que ele ainda ficou funcionando por alfm tempo até fechar de vez. Sou do rj mesmo.

  37. Sônia R. Aranha comenta:

    agosto 17, 2018 @ 19:49

    Jonas, o Centro Educacional Pódio é um pouco diferente das demais escolas porque bem ou mal cumpriram com as determinações, tiveram liminares para funcionar, mas agora perderam.

    Se vc é do Rio de Janeiro, tem certificado com visto confere e nome publicado no Diário Oficial não é para ter problema, ok?

    Em 25 de maio de 2017, o Estabelecimento de Ensino NÃO obteve seu RECREDENCIAMENTO do Ensino a Distância – Ensinos Fundamental e Médio, através do Parecer nº 043/2017 do CEE/RJ

    abraços

  38. jonas comenta:

    agosto 18, 2018 @ 10:17

    Entendi sônia, tenho tudo, é porque tinha visto no site da justiça que o colégio não podia certificar e nenm publicar em 2015, por conta de uma determinação… Por outro lado, tem esse parecer 043/2017, no qual o colégio não obteve o recredenciamento. É um pouco confuso, por isso a minha dúvida. Dá a entender, que apesar do processo o colégio foi levando aos “trancos e barrancos” até 2017. O meu medo era ser publicado e certificado fora do tempo de credenciamento, pois fui publicado e certificado antes do colégio fechar.

  39. Luiz Felipe comenta:

    setembro 27, 2018 @ 17:42

    Boa tarde, Sônia. Concluí meus estudos a distância no Instituto Andreas Brunner, funcionava na rua Major Ávila nº 60 – Rio de Janeiro, sou do Rio de Janeiro, comecei a estudar lá em 2011 e a conclusão foi em 2012, após realizar todas as provas. Recebi a minha declaração de conclusão, meu histórico alguns meses depois da declaração, tive meu nome publicado como concluinte do ensino médio em 2012, no diário oficial do Rio de Janeiro, na data de 17/01/2013, em abril de 2013 recebi o meu certificado de conclusão. Pois bem, no mesmo ano, assisti a uma matéria no fantástico na qual acusava o colégio de fraudes, vendas e emissão de certificados falsos. Gostaria de saber como proceder para saber da veracidade do meu certificado, se tem a possibilidade de estar invalido ou que seja falso, visto que, após o caso passado no fantástico, comecei a pesquisar sobre problemas com o referido colégio e diplomas emitidos por ele e vi que muitas pessoas tiveram problemas para ingressar na carreira pública e para concluir a faculdade, no RJ e também em outros Estados pelo Brasil. Estou cursando o 8º período da faculdade de direito, utilizei para ingresso na faculdade todos os documentos emitidos por esse colégio e tenho receio de ter problemas para emitir o certificado de conclusão na faculdade. Tenho medo de ter caído em um golpe e que isso afete a minha vida para o resto da vida. (Isto está tirando o meu sono, pois foi muito dinheiro, tempo e dedicação investidos na faculdade.) Desde já, agradeço.

  40. Sônia R. Aranha comenta:

    outubro 4, 2018 @ 1:53

    Luis Felipe,

    O Andreas Bruner teve a sua autorização concedida pela SEEDUC no Parecer CEE-RJ n.031/2008 com cinco anos de prazo, então, o prazo era até fevereiro de 2013.

    Então como você concluiu em 2012 está dentro. Tem o seu nome publicado no D.O.. ok.

    Verifique no verso do seu certificado se a um carimbo da SEEDUC e assinatura do inspetor escolar, se tiver tem visto confere.

    Bem, então, se no seu certificado tem o visto confere e houve o nome publicado no D.O do Estado do Rio de Janeiro, e se a data está dentro da autorização, a priori podemos dizer que o seu certificado é válido.

    Mas o problema continua porque essa escola, dentre outras do Rio de Janeiro, tiveram envolvimento com fraude.. então, a faculdade pode não emitir o seu certificado.

    No entanto, se isso ocorrer há dois caminhos a seguir:

    – impetrar mandado de segurança contra a SEDUUC para que ela emita uma certidão com força de certificado para poder dar força ao seu certificado que já tem o visto confere. O mandado deve ser feito pela Justiça do Rio de Janeiro.

    – outra possibilidade é você fazer CEEJA – supletivo público e flexível ou prestar o ENCEEJA para obter outro certificado que não tenha dúvidas de validade e depois terá que acionar o Conselho Nacional da Educação para que dê CONVALIDAÇÃO DE ESTUDOS para você ou seguir para a Justiça forçar a faculdade a emitir diploma com conflitos de datas, isto é, a data do término do ensino médio será posterior a data do ingresso na faculdade..

    ok?

    abraços

  41. Luiz Felipe comenta:

    outubro 11, 2018 @ 20:16

    Obrigado pelo retorno, Sônia. Eu fiz um EJA a distância em um colégio público estadual, com o término na metade de 2015. Porém, ingressei na faculdade com os certificados do Instituto Andreas Brunner no início de 2015, 1 semestre antes de terminar o EJA. Meu certificado contêm o carimbo do inspetor escolar e assinatura, pelo que entendi nas suas explicações, é o visto confere da Seeduc. Eu conseguiria alterar o certificado na própria faculdade, visto que, o término do ensino médio em colégio público foi posterior a data de ingresso? Essa é a minha duvida, me arrependo muito de ter estudado no Andreas Brunner e de ter começado a faculdade com esse certificado, mesmo já tendo conhecimento desses problemas, iniciei o EJA em 2014 e terminei na metade de 2015. Na apresentação dos documentos na faculdade me disseram que meu certificado do Andreas Brunner era válido, então acreditei e dei início aos estudos, mas sempre fiquei com essa pulga atrás da orelha. Eu já exerço um cargo público, ingressei no final de 2015, com o certificado da instituição pública, que tenho certeza que é válido, tenho muito medo de perder meus estudos na faculdade por conta do certificado do Andreas Brunner. Duas perguntas: Eu consego alterar na faculdade o certificado mesmo com a conclusão sendo posterior ao ingresso no curso? Eu tenho alguma forma na Seeduc de descobrir a validade do certificado do Andreas Brunner? O que me indicaria? Meu receio é todos esses anos e dedicação de estudo serem perdidos. Tenho receio até por pesquisa social, pois almejo prestar outros concursos e não quero fazer a apresentação do certificado do Andreas Brunner, mesmo que seja válido. Por conta de todos esses problemas envolvidos, tenho medo de ficar reprovado em uma pesquisa social.

  42. Sônia R. Aranha comenta:

    outubro 18, 2018 @ 4:59

    Luis Felipe,

    Respondendo:

    1) Eu consigo alterar na faculdade o certificado, mesmo com a conclusão sendo posterior ao ingresso no curso? Não. Você vai precisar solicitar ao Conselho Nacional de Educação Convalidação de Estudos.

    2) Eu tenho alguma forma na Seeduc de descobrir a validade do certificado do Andreas Brunner? Tem, mas você terá que ir até o Rio de Janeiro e pessoalmente na SEEDUC dar entrada em um processo que demorará séculos para obter uma resposta.

    O Conselho de Educação do Estado do Rio de Janeiro em PARECER CEE Nº 031/2008 credenciou esta escola por 5 anos. Então, até 2013 esta escola era credenciada e tinha autorização de funcionamento.

    De modo que se o seu certificado foi emitido neste período e tem a assinatura do inspetor escolar e o seu nome saiu publicado no Diário Oficial a priori é válido.

    O que dá para fazer:

    1) Você pode buscar a Justiça para que a SEEDUC dê uma certidão com força de certificado se o certificado tiver todos esses itens que mencionei anteriormente.

    ou

    2) Você pode prestar ENCEEJA ou cursar o CEEJA ou EJA (tudo em escola pública) e obter um outro certificado válido. Daí o problema será o conflito de datas entre o fim do ensino médio e o início da faculdade e a faculdade não emitirá o diploma, neste momento você busca o Conselho Nacional de Educação para convalidar os seus estudos ou a Justiça.

    ok?

    abraços

  43. jorge fernando comenta:

    dezembro 15, 2018 @ 15:38

    Boa tarde, Sônia eu concluir o ensino médio na colégio podio meu nome foi publicado no doerj em 22 de novembro de 2016, como concluinte no primeiro semestre de 2013. Tenho o certificado e o histórico escolar também. Porém somente o meu certificado está com a autenticação em cartório. E dentre as assinaturas não consta este visto confere. Concluir o curso de direito na faculdade Estácio falta só eu enviar a documentação, esses meu documentos são validos? Caso não como proceder? e obrigatório o visto confere para o diploma ser valido?

  44. Sônia R. Aranha comenta:

    dezembro 16, 2018 @ 3:52

    Jorge.. tem que ter o visto confere. Como você mora no Rio vale a pena ir na Pódio para saber.. ou entrar com processo na SEEDUC .. o problema da SEEDUC é a infinita demora..

    Então, um caminho promissor é impetrar mandado de segurança contra a SEEDUC para ela dar a certidão com força de certificado assim fica tudo certo.

    Caso precise posso lhe indicar advogada do Rio que lida com esses casos, entre em contato: sonia@centrodestudos.com.br

    abraços

  45. jorge fernando comenta:

    dezembro 17, 2018 @ 17:05

    No momento atual eu Resido em Juiz de Fora, e o polo do centro de ensino Podio fechou. Sendo assim a Dra acha melhor de imediato ja entrar com um mandado de segurança contra a SEEDUC?

  46. Sônia R. Aranha comenta:

    dezembro 31, 2018 @ 1:27

    Jorge Fernando, acho que é uma possibilidade, mas você deve consultar uma advogada, vou lhe indicar para uma advogada que já conseguiu bons resultados.. ok?

  47. Jedilson de oliveira Paiva comenta:

    janeiro 4, 2019 @ 15:29

    Consulta diploma

  48. Camila comenta:

    janeiro 14, 2019 @ 0:59

    Olá.
    O meu caso é um pouco complexo, acabei de descobrir que o meu certificado de ensino médio não tem o carimbo do inspetor escolar, no entanto tem a publicação no diário oficial e foi aceito pela minha universidade, só que tudo isto foi em 2005 e a escola foi fechada, não sei o que fazer. Tenho o diploma de nível superior, mas me preocupa esta falta do carimbo no certificado de ensino médio. Há como resolver esta situação? O certificado é de 02/2005 e foi emitido pelo COBRA – Colégio brasileiro de pós-graduação e extensão universitária. Cursei somente três disciplinas do ensino médio lá (que fiquei reprovada na escola estadual) tenho cópia autenticada do histórico escolar da escola estadual e o histórico da escola supletivo. Só não tem o bendito carimbo. Poderia me orientar?

  49. Sônia R. Aranha comenta:

    janeiro 14, 2019 @ 14:32

    Camila,

    1) Esta escola Cobra teve vários problemas e foi cassada pelo Parecer do CEE-RJ n.08/2008

    2) De modo que se você concluiu em 2005 a escola estava autorizada para atuar no Estado do Rio de Janeiro.

    3) O bendito carimbo é que confere validade ao certificado, sem ele você tem um papel sem nenhuma importância, apesar da publicação no Diário Oficial.

    4) O que fazer:

    4.1) ingressar com mandado de segurança, via Justiça do Rio de Janeiro, contra a SEEDUC para emitir uma certidão com força de certificado.

    4.2) deixar pra lá e fazer CEEJA se morar no Estado de São Paulo que é um supletivo flexível e público e em pouco tempo resolve o problema e se precisar fazer outra faculdade ou concurso público não terá doeres de cabeça.

    Só terá problema se você for cursar outra faculdade ou prestar concurso público… caso contrário.. não afetará a sua vida já que tem o diploma universitário, ok?

    abraços

  50. Camila comenta:

    janeiro 15, 2019 @ 9:01

    Entendi já sou funcionária dos quadros públicos e isso está me atormentando por que eles aceitaram o meu certificado, e trabalho há cinco anos. No entanto isto não é correto, mesmo não tendo sido um erro meu, pode me custar o emprego, a graduação e me impossibilita de prestar outros concursos públicos bem como ter problemas quando da minha aposentadoria daqui há muitos anos.
    Preciso acertar isso é não sei como.

  51. Henrique comenta:

    janeiro 15, 2019 @ 17:11

    Boa tarde,

    sou de são paulo, fiz um supletivo EAD da escola CFAC – RJ,
    conclui em julho de 2013, porém só foi publicado em janeiro de 2014, a data no certificado é julho/2013 para a conclusão, mas a data de emissão é jan/2014.

    pesquisando na internet encontrei as pessoas que estão com este problema, inclusive na mesma escola em que eu fiz o supletivo.

    eu fui aprovado em 2 concursos públicos do estado de são paulo em 2018, com previsão de nomeação para março/2019.

    ao saber destes tramites e do tal visto confere, liguei na faculdade que aceitou meu certificado em 2015. estou no ultimo ano do curso de direito.
    eles me informaram que meu diploma foi validado por uma “portaria” que enviaram pra eles em 2016 e que não terei problema com a colação de grau. porém eu não entendi bem o que é essa tal portaria.

    estou com muito medo de perder alguns anos da vida e também 2 cargos públicos.

    meu certificado tem publicação no DOERJ, tenho impresso e consultei online pra garantir. tem o carimbo e assinatura do inspetor da secretária de educação.

    preciso me preocupar ou posso confiar no que a faculdade disse?

    talvez eu devesse mandar o certificado para a secretária fazer o tal “visto confere” ou o carimbo e assinatura do inspetor serve?

    o que eu faco?

  52. Sônia R. Aranha comenta:

    janeiro 16, 2019 @ 12:50

    Henrique…

    Certificado vindo de escola do Rio de Janeiro por intermédio de EAD .. é problema…

    Não sei lhe informar sobre a Portaria.. não conheço

    Recomendo que faça uma solicitação formal (por escrito solicitando resposta por escrito) a respeito do seu certificado junto a Secretaria Acadêmica de sua faculdade porque se está tudo correto você precisa desta declaração da faculdade. Peça uma declaração de que o seu certificado de conclusão do Ensino Médio é válido com indicação da tal Portaria.

    Se fizerem isso ótimo … você terá uma prova de que a faculdade validou o seu certificado.

    Mas se ela não fizer isso.. terá problemas.

    O caminho é Justiça do Rio de Janeiro, ação contra a SEEDUC para que ela emita um certidão com força de certificado para validar o seu certificado.

    Daí sim você estará seguro, fora isso… pode se preocupar…

    Posso lhe indicar advogada do Rio que atuo nestes casos específicos e que já obteve êxito..

    Como está a cursar Direito sabe que cada caso é um caso e que nem todos obtêm êxito e que o trabalho do advogado é de meio.. então.. a advogada consegue êxito em alguns casos e outros não .. por isso que ela analisa o caso antes para ter uma ideia das chances.

    Se quiser contato com ela para fazer a consulta entre em contato: sonia@centrodestudos.com.br
    alerto que a consulta com ela não é gratuita.

    att

  53. Henrique comenta:

    janeiro 15, 2019 @ 21:43

    Boa noite,

    fiz um supletivo EAD na escola CFAC – RJ
    sou de são paulo
    o certificado foi emitido data jan/2014 mas a conclusão está julho/2013
    tem o carimbo do inspetor da secretaria de ensino

    entreguei ele na faculdade em 2015. hoje, após saber de tanta gente que se deu mal com esses supletivos, liguei na faculdade e eles me disseram que meu diploma quando foi entregue ficou pra ser validado, e em 2016 eles receberam uma “portaria” (que eu não entendi bem o que era) validando meu diploma.

    a minha preocupação é a seguinte: passei em 2 concursos publicos em 2018, estou com medo de não pode assumir o cargo por causa deste bendito certificado.

    essa tal “portaria” serve pra algo? devo pedir uma copia na faculdade?

    o carimbo do inspetor com a assinatura tem a validade do tal visto confere?

    devo ligar na secretaria de educação do RJ?

    o que eu faço pra ter certeza de que não terei problemas e se tiver que eu possa resolver antes de ter algum prejuizo efetivo?

  54. Henrique comenta:

    janeiro 16, 2019 @ 16:42

    Muito obrigado!

    entrei em contato com a SEEDUC e em um primeiro momento me disseram que está OK, mas me mandaram um formulário e solicitaram fotos dos certificado para conferencia.

    estou aguardando a decisão deles.

    entrei em contato com a faculdade também, eles me disseram pra ri até a secretaria do meu campus, pois a portaria está la e eles podem me dar uma cópia, porém só volta a funcionar a secretaria em fevereiro.

    depois de obter as 2 respostas e caso negativas tentarei via judicial.

    o contato está salvo.

  55. Alan M.Fernandes comenta:

    março 2, 2019 @ 16:11

    Olá, Estudei no Cebred em 2012 , numa unidade na Tijuca perto da Saens pena. No término do ensino médio só me entregaram o histórico . Em 2016, abri um processo no Seduc ,no polpa tempo de São João de Meriti. E fiquei ligando para a secretária de educação na área de inspeção escolar e,enchi o saco deles. Ontem , 01/03/2019 ,me ligaram dizendo para eu ir buscar meu certificado. Ainda bem!. Quem estiver com o mesmo problema , faça isso ! Ligue para a secretária escolar para área de inspeção escolar, pergunta sobre o seu processo , se não tiver sido resolvido ainda , provavelmente estará na regional de Cantagalo próximo à Friburgo ,se não achar no Google ,é só pedir o número na inspeção escolar , O número da inspeção também está no Google. Quem tem pelo menos o histórico abra o processo , quem não tem ,acho meio difícil conseguir .mas tente . Vai no polpa tempo, procura o Seduc e abre um processo referente a escola extinta.

  56. Luan comenta:

    março 8, 2019 @ 16:19

    Olá boa tarde! Fiz supletivo pelo cfac do RJ, na faculdade estou com problemas, resolvi trancar a matrícula e fazer EJA pela escola pública, minha dúvida tudo que já estudei na faculdade perdi?

    Abraços.

  57. Sônia R. Aranha comenta:

    março 8, 2019 @ 17:53

    Luan, não perde não… você terá que solicitar ao Conselho Nacional de Educação a convalidação de estudos a fim de que a faculdade possa emitir o seu diploma… se você continuar com o mesmo Registro Acadêmico.

    Se você voltar para a faculdade com um novo Registro Acadêmico daí não será necessário e poderá solicitar a equivalência de estudos e não perde o que já foi estudado.

    ok?

    abraços

  58. JOSÉ BRUNO BEZERRA DOS SABTOS comenta:

    março 30, 2019 @ 16:03

    Boa tarde, fiz o ead aqui em São Paulo, fui até o rj fazer uma prova por uma escola chamada CENTRO DE FORMAÇÃO DE APLICAÇÃO E CULTURA vi alguns comentários de que o diploma era valido outros dizem que não a Sra tem informações sobre essa escola ? Agradeceria se puder me ajudar.

  59. Sônia R. Aranha comenta:

    abril 3, 2019 @ 14:55

    José Bruno, o certificado tem que ter visto confere no verso e o seu nome tem que ter sido publicado no DOERJ. Mas…sendo de São Paulo terá problemas porque as faculdades e os concursos públicos paulistas não estão aceitando certificado emitido por escolas do Rio de Janeiro na modalidade EAD.

    Esta esta foi credenciada pelo Parecer CEE-RJ n.115/2008 e tinha 5 anos de autorização. Foi até 2013, depois disso não foi mais credenciada.

    Se o seu certificado está dentro deste prazo 2008 até 2013 e tiver o visto confere no verso e publicação no DOERJ a priori é válido, basta saber se em São Paulo as faculdades aceitarão não para fazer matrícula, mas para emitir o diploma no término do ensino superior.

    ok?

    Eu se você você prestaria o ENCCEJA http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=73861 Maio serão as inscrições e Agosto o exame. Melhor garantir um certificado que não lhe dará problemas.

    att

  60. Rafael comenta:

    maio 3, 2019 @ 18:31

    Olá Sônia,

    Moro em Goiânia e fiz um supletivo do ensino médio na escola COBRA (Colégio Brasileiro) com sede no RJ. Peguei meu certificado com as notas no verso, com o confere e também tenho o diário oficial, a única coisa que não peguei foi meu histórico escolar. Logo depois cursei direiro e me formei, no momento que fui solicitar meu diploma a faculdade barrou alegando a falta do histórico escolar do ensino médio, acontece que esse Colégio foi extinto e aplicou um golpe em centenas de pessoas pelo Brasil.
    Pretendo mover uma ação contra a faculdade, pelo fato de não me pedir no ato da matrícula o meu histórico do ensino médio, a faculdade errou porque apenas visou o lucro e não se atentou em saber se eu estava apto para ingressar no curso. E aí te pergunto estou correto? Ou devo mover a ação contra a SEEDUC RJ ?

  61. Sônia R. Aranha comenta:

    maio 6, 2019 @ 17:03

    Rafael, em nossa experiência ingresse com ação contra a SEEDUC para que ela emita certidão com força de certificado. Depois que resolver este problema poderá acionar a faculdade mas daí é outro tipo de ação.

    Se precisar de advogado para auxiliar entre novamente em contato: sonia@centrodestudos.com.br

    abraços

  62. Michele Bastos comenta:

    maio 29, 2019 @ 15:28

    Bom dia.
    Me chamo Michele Bastos e realizei um curso de graduação de 4 anos em Radio e TV pela Universidade Tuiuti do Paraná, ocorre que não consegui colar Grau devido a meu ensino médio que foi invalidado pela secretaria de educação de SC,fiz o ensino médio a distancia, entreguei o comprovante de conclusão a Universidade que o acatou no ato da matricula,e só veio verifica lo nas vésperas da minha colação. Para piorar minha situação tenho FIES, já tenho 2 anos da finalização do curso e ao procurar a Universidade se exime de responsabilidade,diante dos fatos procurei a secretaria de educação de Santa Catarina, porem la fui informada de que nada podem fazer, apos essa peregrinação procurei ajuda de uma advogada que diz que não existem precedentes para ajuizar o processo, até o presente momento, todos parecem ter dó,mas como meu caso parece ser único,e com o fato de não dispor condições financeiras,está dado praticamente como perdido.
    Por este motivo gostaria da ajuda afim de cobrar a Secretaria de Educação já que ao meu ver cabe a eles a investigação de escolas fraudulentas, e quando procurei a mesma a titulo de informação a atendente senhora Graça disse que isso era caso de policia e que não cabe ao ministério da educação fiscalizar.Assim outra vez me deixando sem esperança de que meu caso seja resolvido, procurei o Procon PR e tenho uma audiência com a Universidade,mas não vejo solução para tal caso. Preciso de ajuda por favor

  63. Sônia R. Aranha comenta:

    junho 5, 2019 @ 18:18

    Michele Bastos,

    O caminho jurídico não é ir contra a Secretaria de SC se a escola não tinha autorização de funcionar no Estado de Santa Catarina…e se o certificado é de escola fora do Estado de SC

    É preciso você constituir um advogado que conheça educação para conseguir resolver esta lide. Se o certificado veio de escola do Estado do Rio de Janeiro posso lhe indicar advogado do Rio porque a ação judicial deverá ser feita no Rio.

    Eu presto serviço para fazer a análise dos seus documentos, mas cobro honorários de R$ 60,00. A consulta é feita à vista em depósito e é entrega da consulta é feita por escrito e via e-mail. Caso precise entre em contato saranha@mpcnet.com.br

    ok?

  64. Vera Amaral comenta:

    maio 29, 2019 @ 23:10

    Boa noite.

    Onde consultar se o colégio tem autorização de funcionamento? Meu filho terminou o Ensino Médio em 2017 em um colégio no RJ. Recebeu o Certificado e o histórico escolar assinados pela secretária escolar e diretora escolar. Informaram que a Deliberação CEE/357/2016 estabeleceu novas normas para expedição desses documentos não sendo mais necessário a publicação em diário oficial e nem assinatura da inspeção escolar. A responsabilidade é da instituição de ensino.
    É isso mesmo? Caso tenha que me dirigir a SEEDUC, onde fica?
    Obrigada.

  65. Sônia R. Aranha comenta:

    junho 5, 2019 @ 18:25

    Vera Amaral, não… tem que ter visto confere, principalmente de escola do Rio de Janeiro …

    Se vocÊ moram no EStado de São Paulo este certificado não é válido, terá problema.

    Recomendo que ele faz supletivo em escola pública CEEJA para obter um certificado sem nenhum tipo de restrição, ok?

    abraços

  66. Michele Bastos comenta:

    junho 5, 2019 @ 16:15

    Bom dia, quem me passou seu contato foi o co da repórter.
    Me chamo Michele Bastos e realizei um curso de graduação de 4 anos em Radio e TV pela Universidade Tuiuti do Paraná, ocorre que não consegui colar Grau devido a meu ensino médio que foi invalidado pela secretaria de educação de SC,fiz o ensino médio a distancia, entreguei o comprovante de conclusão a Universidade que o acatou no ato da matricula,e só veio verifica lo nas vésperas da minha colação. Para piorar minha situação tenho FIES, já tenho 2 anos da finalização do curso e ao procurar a Universidade se exime de responsabilidade,diante dos fatos procurei a secretaria de educação de Santa Catarina, porem la fui informada de que nada podem fazer, apos essa peregrinação procurei ajuda de uma advogada que diz que não existem precedentes para ajuizar o processo, até o presente momento, todos parecem ter dó,mas como meu caso parece ser único,e com o fato de não dispor condições financeiras,está dado praticamente como perdido

  67. Sônia R. Aranha comenta:

    junho 5, 2019 @ 18:40

    Michele Bastos,

    O caminho jurídico não é ir contra a Secretaria de SC se a escola não tinha autorização de funcionar no Estado de Santa Catarina…e se o certificado é de escola fora do Estado de SC

    É preciso você constituir um advogado que conheça educação para conseguir resolver esta lide. Se o certificado veio de escola do Estado do Rio de Janeiro posso lhe indicar advogado do Rio porque a ação judicial deverá ser feita no Rio.

    Eu presto serviço para fazer a análise dos seus documentos, mas cobro honorários de R$ 60,00. A consulta é feita à vista em depósito e é entrega da consulta é feita por escrito e via e-mail. Caso precise entre em contato saranha@mpcnet.com.br

    ok?

  68. luiza comenta:

    junho 15, 2019 @ 19:13

    Olá , Boa tarde . Concluir meu ensino médio em uma escola pública estadual no rio de janeiro . Recebi o certificado e nele costa as assinaturas da diretora, secretária e inspetora escolar e seus respectivos carimbos . Só isto basta ? É necessário mais algum tipo de carimbo ? Obs : foi publicado em diario oficial .

  69. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 12, 2019 @ 17:05

    Luiza, a princípio seu certificado é válido, mas se você é do Estado de São Paulo as faculdades não estão aceitando certificados oriundos do Estado do Rio de Janeiro na modalidade EAD, somente com uma certidão com força de certificado emitido pela SEEDUC.

    Então, caminhos:

    1) Ir até o Rio de Janeiro na SEEDUC ou Poupatempo e solicitar a certidão com força de certificado. Para isso a SEEDUC deverá buscar o seu prontuário de aluno. Em geral a SEEDUC demora anos para dar uma resposta.. o que acaba inviabilizando esta opção.

    2) Você pode também buscar a Justiça depois que abrir processo administrativo junto a SEEDUC. Precisa de um advogado no Estado do Rio de Janeiro para acionar a SEEDUC.

    3) Largar pra lá este certificado e cursar novo Ensino Médio.. se você é do Estado de São Paulo curse CEEJA ensino público e flexível, rapidamente você conquista um certificado válido.

    4) ou preste Enceeja .. somente em 2020, porque este ano as inscrições encerraram em Maio, ok?

    abraços

  70. Nazui Silva Brito comenta:

    julho 2, 2019 @ 23:15

    Oi Boa noite, preciso de uma ajuda, eu conclui o Ensino Médio por uma escola que hoje é considerada extinta, e terminei a faculdade e parece que está faltando o Certificado de Conclusão, entrei com o processo no SEEDUC porem está levando muito tempo para resolver, eu ñ tenho mais condições de esperar, tem alguma coisa que posso fazer para resolver essa situação mais rápido?

  71. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 12, 2019 @ 16:12

    Nazui,

    Faça CEEJA se for do Estado de São Paulo. Obtenha um certificado válido , em escola pública e o CEEJA é flexível e rápido.

    Se for de outro Estado, verifique algo assemelhado, escola pública ou preste o ENCEEJA infelizmente somente em 2020.

    Depois de conquistar a conclusão do Ensino Médio válido você terá problemas com a faculdade em função do conflito de datas de término do Ensino Médio e ingresso na faculdade.

    Mas daí você terá que solicitar para o Conselho Nacional de Educação a CONVALIDAÇÃO DE ESTUDOS…

    Eu presto serviço de elaborar o documento, caso precise,mas cobro honorários, entre em contato: sonia@centrodestudos.com.br

  72. Rafaela comenta:

    julho 12, 2019 @ 13:51

    Bom dia. Meu nome é Rafaela e gostaria de tirar uma dúvida.
    Eu iniciei a faculdade no primeiro semestre de 2016, e estava matriculada no CEEJA e faltava apenas 3 matérias para eu concluir, conversei na faculdade e eles aceitaram a minha situação e disseram que eu poderia iniciar o curso e que teria que entregar o diploma até o 2 semestre de 2016. Me arrependo muito disso, de ter pulado as etapas, devia terminar um e depois começar o outro. Enfim, conclui apenas um semestre sem o diploma, já que terminei no segundo semestre de 2016. Estou no 8 semestre e estou muito aflita e arrependida com medo de dar algum problema quando forem emitir o meu diploma, será que agora devo esperar? Fui por influência de outras pessoas que conheci que estavam no CEEJA e na faculdade ao mesmo tempo. Conclui no CEEJA CLARA MANTELLI.

    Grata, desde já.

  73. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 12, 2019 @ 15:50

    Rafaela,

    Fique tranquila…
    O CEEJA Clara Mantelli vai emitir o seu certificado.
    Você vai apresentá-lo na faculdade
    A faculdade dirá que não vai emitir o diploma porque há conflito de datas entre o término do Ensino Médio e o ingresso na Graduação.
    Daí você poderá solicitar para o Conselho Nacional de Educação CONVALIDAÇÃO DE ESTUDOS.
    Eu presto serviço de elaborar o documento solicitando a convalidação para a faculdade e se a faculdade não resolver para o CNE .. demora para resolver, mas resolve.. e se, porventura, você precisar muito você ainda tem como acionar a Justiça.

    Eu recomendo que você entregue o certificado do Ensino Médio agora na Secretaria da sua Graduação .. caso queira contratar meus serviços, já entramos com o documento junto com o novo certificado tentando evitar que a não emissão do diploma..

    Mas você pode fazer isso sozinha também.. comigo a vantagem é que sei a fundamentação legal … Caso precise entre em contato: sonia@centrodestudos.com.br

    abraços

  74. Rafaela comenta:

    julho 12, 2019 @ 18:26

    Sonia,

    Já foi entregue o certificado de ensino médio no segundo semestre de 2016, entreguei na secretaria da faculdade, até agora não me falaram nada. E como ocorre na maioria dos casos, eles só nos notificam no ato de entrega do diploma. Sera que há alguma possibilidade da faculdade não negar o diploma? Já que foi APENAS um semestre concluído sem ensino médio? E caso tenha algum problema pode invalidar todos os semestres cursados ou apenas o primeiro semestre?

    Vou aguardar até o final desse ano e já deixei anotado o seu contato, se eu precisar com certeza irei te contatar.

    Obrigada,

    Rafaela

  75. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 16, 2019 @ 20:11

    Rafaela, tem que aguardar.. mas o que você cursou , de modo geral, não perde, dá para fazer inclusive equivalência de estudo.

    ok?

    abraços

  76. Thomas Detomi dos Santos comenta:

    julho 16, 2019 @ 17:45

    Boa tarde.
    Conclui o ensino médio pelo CEEJA na escola estadual dona Clara Mantelli, estou fazendo um curso superior e estou no último semestre e agora a faculdade não está me deixando fazer a rematricula alegando que meu certificado não tem nota. O histórico do supletivo vêm como habilitado no lugar das notas. Gostaria de saber se eles podem recusar esse certificado, mesmo estando tudo certo na secretaria de ensino. Já consultei o GDAE e está tudo certo.
    Obrigado.

  77. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 16, 2019 @ 19:38

    Thomas,

    Não, não podem recusar.
    A Clara Mantelli é uma escola supervisionada pela Diretoria de Ensino Leste 5 – (11) 2602-1240
    Verifique com a supervisora de ensino responsável pela Clara Mantelli o que é possível fazer para que a sua faculdade aceite o seu certificado para você fazer a rematrícula.

    Se, não tiver jeito junto a DE Leste 5, busque a Defensoria Pública do Estado de São Paulo, e impetre mandado de segurança contra a faculdade para você efetivar a rematrícula.

    ok?

    abraços

  78. Jonathas Souza comenta:

    julho 19, 2019 @ 1:28

    Boa noite, minha situação é a seguinte. Cursei a faculdade e agora chego ao fim inclusive no sistema consto como formado com todas as notas, TCC e horas complementares ok. Me pediram toda a documentação novamente e por isso precisei da segunda via do certificado de conclusão de ensino médio. Fui atrás e fiquei sabendo que meu diploma era falso, pois eu não havia registro na instituição que é pública (em 2008 eu fiz a distância e paguei por isso), me instruíram a realizar novamente a prova. Assim eu fiz, pelo exame de banca em MG e enviei para a faculdade. Recebo agora um documento do reitor da faculdade onde diz que tudo o que cursei foi cancelado pois não entreguei documento de conclusão de ensino médio no ato da matrícula e que foi confirmado depois que eu não teria concluído o ensino médio. Gostaria de saber qual a melhor forma de resolver isso e qual as chances de conseguir meu diploma. Grato.

  79. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 19, 2019 @ 2:51

    Jonathas,

    O que é exame de banca?

    Bem, você precisa fazer o Ensino Médio. Feito o Ensino Médio por EJA (supletivo em escola pública) ou prestando o Enceeja, você poderá encaminhar o certificado válido de conclusão do Ensino Médio e solicitar convalidação de estudos.

    Se mesmo assim a faculdade não aceitar, saídas:

    1) Encaminhar para o Conselho Nacional de Educação visando a Convalidação de Estudos para que a faculdade emita o diploma

    2) Acionar a Justiça visando que o juiz exija da faculdade a emissão do diploma.

    Eu presto serviço de escrever o documento desde que tenha em mãos o certificado de conclusão do Ensino Médio novo, mas cobro honorários, se precisar, entre em contato: saranha@mpcnet.com.br ou sonia@centrodestudos.com.br

    abraços

  80. Jonathas comenta:

    julho 19, 2019 @ 4:15

    Exame de banca, é “O Centro Estadual de Educação Continuada-CESEC é uma escola que faz parte da Rede Estadual de Ensino e presta serviços aos jovens e adultos que não concluíram seus estudos na idade de direito. O candidato que necessita da conclusão do Ensino Médio poderá optar por se inscrever em Bancas Permanentes de Avaliação existentes nos CESEC, a qualquer época do ano.” Acredito que só tenha no estado de MG já que pessoas de todo o país vão pra lá fazer essas provas que são por áreas de conhecimento. Então, eu tenho esse certificado e já enviei para a faculdade, mesmo assim recebi esse documento da reitoria cancelando tudo o que já fiz. Enviarei a você a documentação por e-mail, por favor me passe seu honorário. Grato.

  81. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 19, 2019 @ 17:48

    Jonathas,

    Então, o que vocÊ deverá fazer é elaborar documento, explicar tudo o que ocorreu , anexar os documentos comprobatórios e solicitar junto ao Conselho Nacional de Educação a convalidação de estudos com a exigência da faculdade emitir o seu diploma, ok?

    O Conselho Nacional de Educação já fez isso em vários casos, o único problema é que demora para ter uma resposta, mas o caminho será este.

    ou via Justiça … pode tentar a Defensoria Pública ou constituir um advogado, ação de obrigação de fazer contra a faculdade.

    Eu presto serviço de elaborar o documento para o Conselho, mas cobro honorários para fazer isso.. caso precise, entre em contato: sonia@centrodestudos.com.br

    abraços

  82. Luan comenta:

    julho 22, 2019 @ 4:46

    Sonia, tenho uma dúvida.
    Em meados de 2009, frequentei aulas presenciais referentes apenas ao terceiro ano do ensino médio em um colégio supletivo, já extinto em minha cidade, no Paraná.
    Entretanto, para minha surpresa, recebi um certificado do Instituto Andreas Brunner, Centro Brasileiro de Ensino a Distância Ltda., com as devidas assinaturas da Secretária Escolar, Diretora Pedagógica e Professor Inspetor Escolar, bem como, um histórico escolar com as notas das provas que eu fiz, porém com o advindo do Colégio Ponto de Partida, também localizado no Rio de Janeiro.
    Houve também uma publicação no diário oficial em 2009, confirmando a minha conclusão no Ensino Médio.
    Após isso eu me formei na faculdade de Direito, consegui o referido diploma, e ainda, ingressei em dois cargos públicos através de concurso.
    Ocorre que, fui aprovado no concurso da PMSP e a minha entrega de documentos é nessa quarta-feira e após breve pesquisa, vi inúmeros relatos de pessoas que tiveram problemas em sua posse. Gostaria de saber se há algo que eu possa fazer para facilitar esse processo, como eu faço pra confirmar a veracidade de meu diploma e ainda, há possibilidade de eu ter meu diploma de nível superior prejudicado caso seja constatada a invalidade no nível médio?
    Desde já agradeço!!

  83. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 22, 2019 @ 19:41

    Luan, a PMSP é super rigorosa com análise de documentos escolares.

    E sim, se for irregular o seu certificado de conclusão do Ensino Médio, terá problemas com o seu diploma de Ensino Superior.

    Vamos entender alguns conceitos importantes:

    1) Ensino Médio = certificado – Secretaria de Educação Estado do Rio de Janeiro
    2) Ensino Superior = diploma = MEC

    Para confirmar a veracidade do seu certificado de ensino médio terá que ir até o Rio de Janeiro e abrir um processo administrativo junto ao SEEDUC departamento de escolas extintas, também é possível fazer isso pelo PoupaTempo.

    Ou pode tentar alguma informação por intermédio de Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal https://sistema.ouvidorias.gov.br/

    Feito isso e como a SEEDUC demora bastante tempo para dar uma resposta, você poderá impetrar ação de obrigação de fazer lá no Rio de Janeiro contra a SEEDUC para ela lhe fornecer uma certidão com força de certificado para convalidar o seu certificado. Sem isso, a PMSP não vai aceitar o seu certificado de Ensino Médio, porque essas escolas do Rio de Janeiro na modalidade a distância estão com várias irregulares e a maioria extintas em função disso.

    Se a PMSP aceitar, ela pode posteriormente exonerá-lo caso verificar irregularidade no certificado, já soube de caso que isso ocorreu.

    Se você não conseguir a certidão com força de certificado emitido pela SEEDUC, o jeito será você fazer outro supletivo deste 3o ano em escola pública ou prestando ENCCEJA conquistar um Ensino Médio válido e após solicitar para a faculdade correção no seu diploma. Neste momento terá que se valer do Conselho Nacional de Educação ou da Justiça. Precisa constituir um advogado que entenda de Direito Educacional (posso lhe indicar caso precise)

    ok?

    abraços

  84. Raimundo comenta:

    julho 23, 2019 @ 23:07

    Sônia,conclui o segundo grau no ano de 2011,através de um supletivo. Já no ano de 2014 dei início a um curso de graduação em pedagogia o qual concluí em 2018.Porém meu certificado do segundo grau só recebi no mesmo ano ,com a data de conclusão de 2018.A faculdade não quer aceitar o certificado por causa da data e o curso supletivo alega que é uma data retroativa. Qual providência devo tomar?

  85. Sônia R. Aranha comenta:

    julho 24, 2019 @ 3:02

    Raimundo, você tem que buscar orientação junto com a Secretaria de Educação do seu Estado.

    Veja deve constar no certificado a data de conclusão do Ensino Médio que foi 2011 e a data de emissão que foi em 2018, porque você concluiu em 2011, mas o certificado foi emitido em 2018.

    Tem que fazer a retificação deste certificado.

    Se a escola não quer corrigir o certificado, só a Secretaria de Educação por intermédio de uma solicitação poderá exigir que a escola faça ou você constitua um advogado para notificar a escola extra-judicialmente em um primeiro momento e se não resultar, impetrar um mandado de segurança.

    Se não tiver condições financeiras para constituir um advogado poderá verificar junto a Defensoria Pública do seu Estado, ok?

    abraços

  86. Santana comenta:

    agosto 8, 2019 @ 0:51

    Olá, poderia me ajudar?

    Situação: Fiz o supletivo EAD do Centro Educacional Pódio: recebi o histórico, o certificado e meu nome consta no DOMRJ. Até então vai tudo bem, até estou terminei uma graduação de nível superior e irei na semana que vem assinar a ata de conclusão para obter meu diploma. Até aqui vai bem! Entretanto, passei recentemente em um concurso policial o qual me solicitou o que consta na DELIBERAÇÃO CEE Nº 350, de 23 de junho de 2015. Comecei a procurar sobre e tive a infeliz resposta que terei que ir lá no RJ vê se meu diploma é valido para depois solicitar o tal novo certificado ratificando o meu atual visto que o Pódio não existe mais.

    DUVIDA: O que acontece caso a faculdade me dê o diploma e meu certificado de ensino médio não seja válido? Perco essa formação? Vi que respondeu a algumas pessoas que o CNE ajuda nesse caso. É certa essa ajuda? Ainda tem a situação do concurso: já viu alguém ganhar um caso em que continue apto no concurso enquanto tira outro ensino médio?

    Desde já, muito obrigado por responder e pela paciência!

  87. Sônia R. Aranha comenta:

    agosto 11, 2019 @ 2:46

    Santana,

    1) Não perde a graduação mas terá que regularizar.

    2) A PM de São Paulo é bem rigorosa .. já vi candidato já estar ocupando o cargo e ser chamado e exonerado em função do certificado.

    3) Recomendo , vá até o Rio de Janeiro , Poupatempo, abra um processo administrativo solicitando que você quer uma certidão com força de certificado. A SEEDUC vai demorar uma vida para lhe responder, mas este procedimento é importante para provar a sua boa-fé. Lembre-se que certificado irregular pode ser considerado crime de falsidade ideológica.

    4) Não.. o CNE ajuda para convalidar estudos. Você teria que cursar um CEEJA e depois que obtiver um certificado válido solicitar a convalidação junto ao CNE em função do conflito de datas.

    5) Olha, como disse acima, a PM de São Paulo é bem rigorosa. Ela pode exonerar o policial e não resolve acionar a Justiça. Tem que resolver o problema do Ensino Médio primeiro e depois acionar a Justiça para reintegração e sempre demonstrando boa-fé.

    Se o seu certificado tem visto confere, está no prazo que a Podio tinha autorização e o seu nome saiu no DOERJ daí tudo é mais fácil porque é um certificado válido, mas se estiver faltando alguma coisa, melhor fazer outro Ensino Médio.

    ok?

    abraços

  88. Rosimeiry Hler comenta:

    agosto 14, 2019 @ 4:33

    boa noite,no meu caso fiz o ensino médio em 2 escolas em cidades diferentes, isso de 2000 a 2002, agora 16 anos depois requeri uma declaração para me matricular na faculdade, estou no 2° período da faculdade, eu tomei a decisão de ir atras do meu certificado do ensino médio, liguei na escola novamente pq agora moro em outro estado, a escola alegou que eu estou reprovada numa 1° ano do ensino médio e outra no 3° ano, porem a declaração eu estava como concluinte, quero saber se posso continuar a faculdade e fazer o ENCCEJA ao mesmo tempo, pq não quero parar nem retroceder nos meus estudos,oque devo fazer?

  89. Sônia R. Aranha comenta:

    agosto 14, 2019 @ 18:45

    Rosimeiry pode sim, mas a faculdade não vai querer emitir o seu diploma porque a data de finalização do Ensino Médio será posterior a data do ingresso na faculdade, então, você terá que solicitar junto ao Conselho Nacional de Educação a convalidação de estudos, ou buscar esta convalidação na Justiça, ok?

    Mas dá para prestar o Enceeja porque o mais importante é resolver o problema do Ensino Médio, depois resolve o problema do diploma junto a faculdade.

    abraços

  90. Leonardo Gomes comenta:

    agosto 26, 2019 @ 9:48

    Boa noite, em 2009 me formei no ensino médio, tenho certificado, D.O e Histórico, sendo que eu olhei na internet que a escola foi cassada agora em 2016 e o diretora que assinou meu certificado está envolvida com venda de diploma, levei meu diploma na seeduc, eles me disseram que estava irregular o diploma pois não tinha o carimbo da secretaria de educação, bem não sei oque fazer vou me formar na minha graduação agora no final do ano, estou preocupado.
    a faculdade até o momento registrou como válido meu certificado e histórico, mas será que pode dar errado mais a frente, e eu não consegui colar grau, e se isso acontecer oque fazer, grato aguardo resposta, sou do Rio de janeiro, estudei na escola triunfo marechal hermes

    O meu certificado tem o carimbo com o nome da diretora e da inspetora escola, e foi reconhecido no cartório, só não tem o carimbo da seeduc.

  91. Sônia R. Aranha comenta:

    agosto 26, 2019 @ 16:38

    Leonardo, você vai cursar um novo Ensino Médio se a SEEDUC já confirmou que o seu certificado é inválido.

    Falsidade ideológica é crime. .. de modo que recomendo que você curse um novo Ensino Médio em escola pública para não ter mais problema.

    Se você mora no Estado do Rio de Janeiro curse o EJA em escola pública ou preste Enceeja em 2020.

    Se você mora no Estado de São Paulo curse CEEJA que é flexível e rápido.

    Após terá problema com o conflito de datas do término do Ensino Médio e ingresso na faculdade. Daí terá que solicitar convalidação de estudos junto ao Conselho Nacional de Educação para não perder o que já cursou na faculdade, ok?

    abraços

  92. Celia comenta:

    setembro 4, 2019 @ 3:11

    Boa Noite… Preciso de ajuda… Meu caso é o seguinte… Sou do Paraná e fiz o ensino médio em Minas Gerais há muitos anos… Em 2015 prestei vestibular e ingressei na faculdade… Entreguei meu histórico e faltou a certidão de regularidade de ensino… Que a universidade sempre me cobrava…. Entrei em contato com a escola algumas vezes e me disseram que este documento eles não forneciam… O tempo foi passando e eu preocupada com este documento… Então resolvi presta a prova do enceja em 2018 para conseguir meu diploma do ensino médio aqui no Paraná e não correr o risco de não me formar…quando fui na secretaria acadêmica entregar o diploma do enceja fizeram a troca sem problemas..
    Mas eis que agora disseram que precisam do outro certificado de minas gerais… Ao qual eu descobri que foi não ter validade… Pois na época eu fiz através de provas pagas… E descobri que não tem validade. Mas eu tenho o diploma reconhecido pelo MEC através do enceja… Mas a faculdade alega que eu ingressei na faculdade em 2015 e meu certificado do ensino médio é de 2018. Posso perder minha graduação? Estudei e paguei 5 anos. Por favor me ajude. Obrigado.

  93. Sônia R. Aranha comenta:

    setembro 5, 2019 @ 16:43

    Celia, você vai escrever documento para o Conselho Nacional de Educação solicitando CONVALIDAÇÃO DE ESTUDOS. Com o Parecer do Conselho resolve o conflito de datas e a faculdade emitirá o diploma com o certificado do Enceeja, ok?

    Eu presto serviço de escrever o documento fundamentado na legislação, mas cobro honorários, caso precise entre em contato: sonia@centrodestudos.com.br

    abraços

  94. Leonardo comenta:

    setembro 10, 2019 @ 11:22

    Ok, se esse é o único jeito sem problemas, vou terminar a graduação agora em dezembro, e fazer oque você me orientou vou cursar um EJA, muito obrigado pelo esclarecimento.

  95. Lauder Arruda de Azeredo comenta:

    setembro 27, 2019 @ 8:23

    Terminei o ensino médio, tenho diploma, certificado e diário oficial. Porém no diário oficial meu nome em vez de Lauder Arruda de Azeredo , consta Lauder Arruda Azeredo, sem o “de”. Como posso corrigir? A faculdade alega esse erro para que eu conclua a mesma.

  96. Sônia R. Aranha comenta:

    outubro 1, 2019 @ 1:10

    Lauder, a escola que você estudou poderá efetivar nova publicação no Diário Oficial fazendo esta correção. 1) faça a solicitação na secretaria da escola por escrito, com via protocolada para gerar prova; 2) se a escola não lhe responder , você pode elaborar Notificação Extra-Judicial por via Cartório (tem taxa); 3) por último poderá impetrar ação de obrigação de fazer.

    Se a escola não existe mais quem terá que efetivar esta correção será a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo

    ok?

    abraços

  97. Andre Medeiros comenta:

    setembro 27, 2019 @ 17:08

    Boa tarde, Sônia. Gostaria de saber se você pode me tirar uma dúvida:

    Adquiri diploma de nível médio por meio de prova supletiva na escola Menino jesus, em Queimadas/PB, em 2014. Aparentemente, a escola é toda regular e existe uma publicação do Diário Oficial da Paraíba autorizando a escola a aplicar esses exames.
    Estou a 2 meses de colar grau em Direito e até hoje a Faculdade que estudo não apontou nenhum tipo de irregularidade com meu certificado. Existe a chance da faculdade negar minha colação de grau? Meu certificado de conclusão do ensino médio tem carimbo da secretaria de educação do estado, histórico escolar com a nota das provas, etc. Só não achei nenhuma publicação do Diário Oficial com o meu nome, mas também não achei de outros alunos. Obrigado pela Ajuda!

  98. Sônia R. Aranha comenta:

    outubro 1, 2019 @ 0:52

    Andre Medeiros, para você ter certeza deve verificar junto a Secretaria de Educação do seu Estado responsável pelas escolas públicas e privadas da Paraíba.

    Pode ser que não seja regra na Paraíba a publicação do nome dos concluintes em Diário Oficial. Aqui em São Paulo não temos isso porque aqui há um cadastro de nome GDAE, pode ser que na Paraíba também ocorra o mesmo.

    De modo que recomendo que entre em contato com a Secretaria de Educação da Paraíba ou mesmo o Conselho de Educação da Paraíba eles poderão lhe dizer se a escola que você concluiu o Ensino Médio é credenciada ou foi credenciada na época que você lá estudou, ok?

    abraços

  99. Bruna Dias comenta:

    outubro 7, 2019 @ 21:10

    Olá!
    Eu me formei no ensino médio e técnico integrado, e a minha instituição de ensino entrega o diploma das duas qualificações juntas. Tenho dois anos para fazer meu estágio e, assim, pedir o meu diploma, porém eu não sei se irei conseguir e quero entrar na faculdade ainda no ano que vem. Caso eu faça o Encceja durante a faculdade, antes de concluí-la, também terei problemas para emitir o diploma da faculdade posteriormente? Tendo que recorrer?
    Obrigada.

  100. Sônia R. Aranha comenta:

    outubro 8, 2019 @ 12:48

    Bruna, sim, o Ensino Médio é pré-requisito para o Ensino Superior. Sem Ensino Médio, não dá para cursar o Ensino Superior (faculdade).

    Então, recomendo que primeiro resolva o problema do Ensino Médio ou finalizando o técnico que seria o ideal, afinal você se dedicou anos para isso e não concluí-lo seria uma insensatez, ou prestando Encceja em 2020 (inscrições em Maio e o exame em Agosto de 2020)

    Se a faculdade aceitar que você faça a matrícula sem documentação escolar e somente após prestar o Encceja e apresentar o certificado terá problemas com conflito de datas.. no seu caso é mais complicado solicitar a convalidação de estudos para o Conselho Nacional de Educação porque não foi vítima de estelionato e fraude, mas não quis concluir o Ensino Médio e ingressar na faculdade o que é impedido pela legislação..

    De modo que recomendo conclua PRIMEIRO o Ensino Médio e DEPOIS ingresse na faculdade.. é esta ordem legal (dada por lei)

    abraços

  101. Oliveira comenta:

    outubro 11, 2019 @ 11:39

    Olá, meu diploma é de uma escola sipletivo EAD do Rio de Janeiro, tenho o certificado assinado pelo diretor, tenho o histórico Também carimbado e ainda tenho meu nome publicado no diario oficial do Rio pela a escola, porém pesquisando sobre tenho esse receio de começar a faculdade e lá na hora de me formar eu perder tudo que fiz. Existe essa possibilidade?

  102. Sônia R. Aranha comenta:

    outubro 15, 2019 @ 18:57

    Oliveira, sim, existe. Porque escola do Rio de Janeiro não pode certificar alunos a distância no Estado de São Paulo sem ter autorização para fazer isso, ok?

    abraços

  103. Priscila comenta:

    outubro 24, 2019 @ 4:23

    Boa noite!

    Sobre o certificado de ensino médio inválido, fiz o ensino médio supletivo na modalidade a distancia no RJ em 2009 em uma escola que se chamava Centro Educacional Futura, tenho a emissão do diário oficial, histórico e certificado de 2 grau emitido por essa escola. Lendo algumas reportagens fiquei preocupada, parece que a escola era envolvida com emissão de diplomas falsos, e não observei se o meu certificado tem o carimbo da SEEDUC, atualmente moro em outro estado, e cursando a faculdade e me formarei 2022, e não sei se o meu certificado de ensino médio é valido.Minha dúvida é, se caso não for válido isso pode acarretar problemas futuros quando me formar, e se eu fazer o Encceja em 2020 se poderei usar esse certificado para faculdade, ou isso poderá invalidar toda minha formação na faculdade?
    Por favor, peço encarecidamente se pode me orientar o que devo fazer.
    Desde já agradeço
    Priscila

  104. Sônia R. Aranha comenta:

    outubro 24, 2019 @ 14:57

    Priscila, sim, poderá acarretar problemas futuros porque a faculdade pode (e elas fazem isso) não emitir o seu diploma de ensino superior.

    Sim, poderá prestar Enceeja e usar na faculdade, a faculdade mesmo assim não emitirá o diploma porque haverá conflito de datas do término da faculdade e o início do Ensino Médio, então você terá que elaborar um documento, endereçado para o Conselho Nacional de Educação solicitando convalidação de estudos. O CNE dando parecer favorável a faculdade emitirá o diploma.

    Eu presto serviço para elaborar o documento para o CNE, mas cobro honorários para fazer isso. Caso precise, me procure na ocasião, ok?

    abraços

  105. mario comenta:

    outubro 26, 2019 @ 3:16

    Ola. Pelos históricos vi que muitos foram pegos pela fraude do centro educacional carioca. Inclusive sou de sp e a escola era no Tatuapé. Terminei o bacharelado e a universidade está contestando a publicação do diário oficial. Ou gdae. O que posso fazer nesse caso? Somente com uma ação judicial para conseguir meu diploma? Ou consigo me inscrever no Enem ou algo do tipo para q eu consiga a publicação no gdae ?
    Cursei o ensino médio em 2011 e finalizei o bacharelado em 2019..
    Caso seja relevante..
    Tenho técnico em uma instituição reconhecida pelo mac CREA etc.. consigo solicitar q considerem esse outro diploma? Muito obrigado por hora.

  106. Sônia R. Aranha comenta:

    outubro 27, 2019 @ 19:27

    Mario,

    Em São Paulo faculdade não aceita certificado emitido por escola do Rio de Janeiro na modalidade a distância.

    Você não tem GDAE porque somente aluno do Estado de São Paulo tem e você é aluno do Rio de Janeiro.

    O que fazer neste caso:

    1) Recomendo que curse o CEEJA na escola Clara Mantelli que fica no Brás. É pública e flexível, em pouco tempo você resolve este problema do Ensino Médio.

    2) Outra opção é prestar o Encceja – Exame Nacional de Certificação de Competência de Educação de Jovens e Adultos, inscrição em Maio de 2020 e o exame em Agosto de 2020 via online no INEP.

    Para mim, o mais rápido é o CEEJA na escola Clara Mantelli. A matrícula somente em Janeiro de 2020. As matrículas ocorrerem sempre às 2a feiras.http://ceejadonaclaramantelli.blogspot.com/
    (11) 2604-5849 Mas há outras CEEJA na capital paulista.

    Obtendo um certificado válido você terá o conflito de datas e dá para resolver junto ao Conselho Nacional de Educação solicitando por escrito Convalidação de Estudos ou via Justiça.

    O ENEM não certifica mais, agora somente o Encceja

    O certificado do técnico, fica como está.

    O CREA é bom você resolver o problema do Ensino Médio porque já vi o CREA acionar a Justiça contra engenheiro em função de certificado com problema. Então, melhor é obter um certificado sem problema e o caminho mais fácil, a meu ver, é cursando o CEEJA.

    Pode tentar resolver isso via Justiça do Rio de Janeiro?

    Pode, mas o seu certificado tem que ter visto confere, tem que ter sido emitido em data que o Centro Educacional Carioca tinha autorização de funcionamento pela SEEDUC do Rio, o seu nome tem que ter sido publicado no DOERJ. Tenho tudo isso, você deve ir até o Rio de Janeiro em um Poupatempo e solicitar da SEEDUC uma certidão com força de certificado.

    A SEEDUC demora muito para responder e você poder juntar o protocolo do pedido administrativo em uma ação de obrigação de fazer solicitando resposta da SEEDUC e pedindo a certidão.

    Às vezes dá certo e outras vezes não. Só tentando para saber.

    Caso queira seguir o caminho da Justiça, posso indicar uma advogada do Rio de Janeiro.

    abraços

  107. mario comenta:

    outubro 28, 2019 @ 19:50

    Muito obrigado pelos esclarecimentos Sônia. Creio q a melhor opção seria algo a distância msm q particular. Ou somente a prova do enceeja pois me mudei da capital de sp. Poderia me recomendar alguma escola com essa flexibilidade? Ou posso fazer qualquer escola por aqui msm? Estou morando em São Carlos agora.
    Caso eu contrate uma advogada no RJ.. ainda assim preciso ir presencial? E onde consigo consultar se as datas batem com q regularização da instituição?
    Muito obrigado mais uma vez.

  108. Sônia R. Aranha comenta:

    novembro 1, 2019 @ 16:02

    Mario, em São Carlos procure a Secretaria de Educação do Estado – Diretoria Regional de Ensino
    (16) 3362-4331/4366 – (Equipe de Supervisão de Ensino) R. Conselheiro Joaquim Delfino 180 – Jardim Centenário

    Pergunte sobre CEEJA flexível.

    Está para sair um outro jeito de fazer supletivo no ensino público flexível da Secretaria de Educação bem interessante para você fazer, peça informação oficial junto a D.E.

    Caso eu contrate uma advogada no RJ.. ainda assim preciso ir presencial? Não, é possível procuração. A SEEDUC informou que pode ser por procuração.
    Mas para falar a verdade? Desista deste certificado e conquiste outro que não terá mais problema.

    O que diz a SEEDUC

    Prezado(a), Conforme resposta da Coordenadoria Geral de Inspeção Escolar, Certificação e Acervo, deve ser aberto um Processo Administrativo para solicitar: AUTENTICIDADE, DOCUMENTOS de Escola EXTINTA (CERTIDÃO DE ESCOLARIDADE particular ou estadual) do Ensino Fundamental e Ensino Médio e PUBLICAÇÃO em Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro. Para qualquer solicitação junto a SEEDUC é necessário a abertura de Processo Administrativo (sem custo). Esclarecemos que os Processos só podem ser abertos presencialmente em um dos locais indicados. O interessado, ou seu Procurador, deverá comparecer a uma Coordenadoria ou ao Poupa Tempo RJ para abertura de processo, munido de identidade, comprovante de residência e todos os documentos escolares que possuir, principalmente aqueles que vincularem o interessado à instituição extinta. As CÓPIAS dos documentos anexados ficarão retidas no Processo. Segue modelo de Procuração, em anexo, e Declaração de Responsabilidade que devem ser preenchidos pelo interessado, caso necessite de Procurador para representá-lo junto à Secretaria. ENDEREÇO DO PROTOCOLO DAS COORDENADORIAS DE INSPEÇÃO ESCOLAR: Baixadas Litorâneas (Niterói – Rua José Clemente nº 17, Centro – Niterói –RJ // Araruama – Rua Bernardo Vasconcellos, nº 505, Centro – Araruama – RJ Centro Sul (Vassouras – Rua Barão de Vassouras, nº 133 – Centro) Médio Paraíba (Volta Redonda – Rua São João, nº 651 – Bairro São João) Regional Metropolitana I (Rua Professor Venina Correa Torres, nº 41, Centro, Nova Iguaçu-RJ) Regional Metropolitana II (Rua Dr. Francisco Portela s/n° – Paraíso, Localizado no CIEP 236 – Djair Cabral Malheiros) Regional Metropolitana III (Rua Henrique Scheid, n° 440 – Pilares, Rio de Janeiro-RJ) Regional Metropolitana IV – Campo Grande – Rua Maria de Jesus Botelho, nº 100 Regional Metropolitana V – Rua Maria Luiza Reis, s/n – Parque Lafayete – Duque de Caxias Regional Metropolitana VI – Rua Amaral, 30 – Tijuca. Regional Noroeste Fluminense – Itaperuna – Rua Expedicionário Cabo Gama, s/n°, Bairro Cidade Nova Regional Norte Fluminense (Rua 1° de Maio, n° 09 – Centro, Campo dos Goytacazes-Rj Regional Serrana I – Petrópolis – Rua Bingen, 318- Centro, Petrópolis-RJ Regional Serrana II (Nova Friburgo – Praça Demerval Barbosa Moreira, n°15, fundos – Centro) UNIDADES POUPA-TEMPO RJ: Unidade Poupa Tempo RJ ZONA OESTE Endereço: Rua Fonseca, 240 – 2º pavimento – Bangu – Rio de Janeiro – CEP: 21820-005 (Bangu Shopping). Horário de Atendimento: 2ª a 6ª feira das 8h às 17:00h Telefone: 3107-7041 Unidade Poupa Tempo RJ São João de Meriti: Shopping Grande Rio – Rua Maria Soares Sendas, 111 – Parque Barreto, São João de Meriti – RJ. Unidade Poupa Tempo RJ Caxias: Shopping Caxias – Rodovia Washington Luiz, 2895 – Parque Duque, Duque de Caxias – RJ. Acrescentamos que a publicação do Diário Oficial pode ser retirada na Biblioteca da ALERJ – Assembleia Legislativa do estado do Rio de Janeiro, no Centro do Rio de Janeiro, sem custo (http://www.alerj.rj.gov.br/Alerj/Biblioteca Colocamo-nos a disposição para eventuais dúvidas. Cordialmente

  109. Luiz C comenta:

    outubro 31, 2019 @ 2:07

    Ola. Boa noite.
    Preciso de uma orientação.
    Realizei ensino médio em 2006 (1º ano). À época, fui até a secretaria e pedi o histórico de transferência para cursar supletivo em outra escola, pois precisava concluir com mais rapidez. Um funcionário me propôs fazer uma prova única com todas as disciplinas e se fosse aprovado conseguiria o certificado do ensino médio. Fiz a prova e recebi o certificado. Em 2015, entrei em curso superior e agora estão exigindo o gedae, porém ao consultar o meu, só consta ensino fundamental e nada do ensino médio. Pelo jeito o documento é frio… Como posso resolver isso? Obrigado!

  110. Sônia R. Aranha comenta:

    novembro 1, 2019 @ 15:47

    Luiz, sim , pelo jeito é frio o que significa fraude.

    Você terá que obter um Ensino Médio regular e válido.

    Quais as opções:

    Se você é do Estado de São Paulo

    Fazer CEEJA – escola pública, gratuita e é flexível . Esta é uma ótima opção porque no máximo em 60 dias resolve este problema.

    ou prestar o Enceeja – Exame Nacional de Certificados Competências de Educação de Jovens e Adultos: inscrição ocorre em Maio 2020 e em exame em Agosto 2020.

    Conseguindo o certificado de conclusão do Ensino Médio de forma correta e regular, daí você vai levar o certificado na faculdade solicitando o diploma de graduação, mas a faculdade não vai querer emitir o diploma em função do conflito de datas, então, você terá que escrever um documento solicitando para o Conselho Nacional de Educação a Convalidação de Estudos e o CNE dando parecer favorável a faculdade , aí sim, ela emitirá o seu diploma, ok?

  111. Luiz C comenta:

    novembro 1, 2019 @ 16:20

    Sonia, obrigado pelas informações. Por favor, me passe um contato seu. Acredito que vou precisar caso tenha alguma dificuldade.

    Outra dúvida: a faculdade eventualmente poderia me processar por ter apresentado um documento inválido anteriormente e depois apresentar essa certificação depois de “formado”?

    Obrigado!

  112. Sônia R. Aranha comenta:

    novembro 1, 2019 @ 17:08

    Luis C. em geral não faz isso… quando você apresentar o documento de convalidação de estudos ela não procederá desta forma.

    O que tem que entender, não só você, mas todos que leitores deste blog, é que andar com certificado inválido é crime de falsidade ideológica.

    Comprar certificado é crime de falsidade ideológica.

    Então, é preciso resolver o problema e indicando que de boa-fé acreditou naquilo que lhe foi dito na ocasião..

    Tem funcionário público que é exonerado do cargo em função de certificado falso porque é crime apresentar documento que não corresponde com a verdade.

    Mas as faculdades não fazem isso… recebendo Parecer do Conselho Nacional de Educação dizendo que pode emitir o diploma de graduação farão isso e só, mas precisa de conquistar a conclusão do Ensino Médio de forma lícita.

    ok?

    Meu contato: sonia@centrodestudos.com.br

    Não atendo whatsaap somente aqueles que contrataram meus serviços de consultoria que o de dar informação, valor da consulta R$ 60,00. Para escrever documentos daí o valor é outro.

    abraços

  113. Mário comenta:

    novembro 3, 2019 @ 4:20

    Boa noite! Em 2014 me formei no ensino médio pelo ensino de jovens e adultos (EJA) do Distrito Federal, recebi o certificado de ensino médio e o histórico escolar; no certificado há um carimbo com uma numeração de publicação no Diário Oficial, porém essa publicação não existe, quando procurei a escola eles disseram que tomariam providências, mas até agora nada! Colo grau em dezembro e o certificado já foi entregue a faculdade… corro o risco de não me formar por ausência da publicação no Diário Oficial?

  114. Sônia R. Aranha comenta:

    novembro 4, 2019 @ 17:36

    Mário, sim, corre o risco. Precisa aguardar o pronunciamento da faculdade, ok?

    abraços

  115. Jean Nascimento comenta:

    novembro 23, 2019 @ 4:05

    Olá! Cometi a burrice de comprar um certificado de ensino médio falsificado e entreguei na faculdade, colo grau em dezembro e estou com muito medo de dar problema. Neste caso o que pode acontecer e como devo proceder?

  116. Sônia R. Aranha comenta:

    novembro 26, 2019 @ 19:47

    Jean .. não foi burrice e sim crime tipificado no Código Penal de Artigo 299.

    Claro que dará ou hoje ou amanhã, melhor resolver isso para não ficar pior a situação do que já é…

    Curse Ensino Médio em um CEEJA ou preste Encceja em 2020.

    Com Ensino Médio regular e conquistado de forma lícita, você vai solicitar do Conselho Nacional de Educação Convalidação de Estudos para resolver o problema do conflito de data que haverá entre o ingresso no Ensino Superior e do término do Ensino Médio.

    Você vai precisar de um profissional para lhe orientar. Eu presto serviço para elaborar o documento para o Conselho Nacional de Educação ,mas cobro honorários , caso precise entre em contato: sonia@centrodestudos.com.br

    abraços

  117. Douglas Silva comenta:

    novembro 27, 2019 @ 2:49

    Olá boa noite! O meu caso é parecido com o acima descrito, fui enganado e acabei caindo, obtendo um certificado não válido. Ingressando na faculdade descobri porque me cobraram outro. Agora concluo meu curso em 12/2020. Se eu cursar o ensino médio novamente eu posso conseguir pegar meu diploma da graduação? Agradeço pela atenção!

  118. Sônia R. Aranha comenta:

    novembro 27, 2019 @ 4:59

    Douglas,

    1) Busque fazer um EJA ou CEEJA (flexível) ou prestar o Encceja.

    2) Conquistando sua conclusão de Ensino Médio de forma regular e lícita você terá uma certificado, porém com data posterior ao ingresso na faculdade.

    3) O conflito de datas entre o término do Ensino Médio e o ingresso na faculdade será sanado solicitando a Convalidação de Estudos para o Conselho Nacional de Educação.

    ok?

    Eu presto serviço de elaborar o documento para o CNE, mas cobro honorários,na ocasião, caso precise entre em contato: sonia@centrodestudos.com.br

    abraços

  119. Jean Nascimento comenta:

    novembro 27, 2019 @ 3:37

    Mas será que é tão simples assim Dra. basta pedirmos a convalidação?

  120. Sônia R. Aranha comenta:

    novembro 27, 2019 @ 4:45

    Jean, sim… se você conquistar conclusão de Ensino Médio de forma regular e lícita poderá solicitar ao Conselho Nacional de Educação a Convalidação de Estudos. Demora um pouco para o CNE dar um parecer, mas em geral, ele dá o deferimento do pedido, ok?

    abraços

  121. Jean Nascimento comenta:

    novembro 27, 2019 @ 13:09

    Muito obrigado pelos esclarecimentos Dra,. salvei seu endereço de email e muito provavelmente estarei entrando em contato nos 2 próximos meses para definirmos algumas coisas.

    Abraços!

  122. tatiene comenta:

    novembro 28, 2019 @ 6:42

    ola boa madrugada passei por um processo que ta me tirando o sono em 2009 terminei o segundo grau mas fiquei de dependencia em quimica numa escola estadual por ter mudado de cidade então fiz um supletivo em 2015 para eliminar 123 ano dai consegui fazer e me matriculei em seguida na universidade unopar onde fiz 3 anos de faculdade de pedagogia mas no 6 semestre eles alegaram que meu certificado de concluçao era falso e que a escola ceduc de cuiaba mato grosso estava sendo acusada de vendas de diplomas e de falsificaçao de documentos ,dai contratei um advogado e o juiz hoje deu que a faculdade nao tem que me reebolsar por danos morais nem vai me reentregar para que eu consiga meu diploma dai em maio desse ano 2019 eu fui ate a cidade que eu fiquei de dependencia e conclui o que faltava .o que eu faço estou muito desesperada pois foram 3 anos de estudos e de dinheiro iinvestidos . me ajuda pelo amor de Deus pois nao tenho condiçoes de fazer novamente pois ganho muito pouco e meu sonho era mudar de vida minha turma ta se formando agora apresentaram tcc sexta feira e o juiz de vilhena rondonia deu como eu perdi minha causa .

  123. Sônia R. Aranha comenta:

    dezembro 6, 2019 @ 3:23

    Tatiane, o problema é que você não tem o Ensino Médio se a escola não tinha autorização.

    Então, você precisa ter calma porque a confusão é grande, mas com tempo e calma resolve.

    1) Tem que NECESSARIAMENTE, resolver o problema do Ensino Médio.Fazendo novamente supletivo em escola pública para não cair de novo em armadilha. Tem supletivo público rápido e flexível precisa verificar se na sua cidade existe. Ou prestar o Encceja – inscrição é em Maio e exame em Agosto de 2020.

    2) Assim que estiver conquistado um certificado de Ensino Médio legal , daí você vai apresentar na faculdade e a faculdade não vai quer emitir o diploma por conta do conflito de data ,mas você fará uma solicitação a convalidação de estudos para o Conselho Nacional de Educação e ele dando parecer favorável a faculdade emitirá o diploma.

    É demorado e dá trabalho mas você não perde o que estudou na graduação, ok?

    abraços

  124. Aline Silva comenta:

    novembro 29, 2019 @ 17:59

    Quem pede a convalidação dos anos cursados na facukdade? o aluno ou a instituição?

  125. Sônia R. Aranha comenta:

    dezembro 6, 2019 @ 3:16

    Aline, o aluno

  126. EmmanuelleTeixeira comenta:

    dezembro 5, 2019 @ 15:23

    Sonia boa tarde!

    Preciso da sua ajuda, eu fiz uma prova para eliminar o 2 e 3 do ensino médio em 2003 em uma escola estadual, a mãe da na época me enviou a prova e depois se 1 mês me enviou o histórico! Pois bem até aí tudo bem, então em 2017 eu entrei na faculdade e resolvi verificar no 4 semestre através de um estágio em escola pública consultei o meu RGI só que para a minha surpresa não constava esse colégio como concluído, ou seja cair em um golpe!!! Fui até a escola e a moça não estava mais, e você sabe como é ninguém quer saber de nada, então vi os testemunhos aqui e também com a ajuda de uma professora da faculdade, fui terminar o que estava faltando, estou acabando falta só mais uma prova que irei fazer essa próxima semana, e a escola está ciente desse acontecido, mas não parei com a faculdade, o que ocorre é que irei terminar ambas agora esse ano, gostaria de saber qual é o valor dos seus honorário para conseguir convalidar esse conflito de data para a minha situação, resido em São Paulo?
    No aguardo do mais breve retorno.
    Atenciosamente,

  127. Emmanuelle Teixeira comenta:

    dezembro 5, 2019 @ 15:29

    Sonia boa tarde!

    Corrigidos erros de digitação acima!

    Preciso da sua ajuda, eu fiz uma prova para eliminar o 2 e 3 do ensino médio em 2003 em uma escola estadual, a moça na época me enviou a prova e depois se 1 mês me enviou o histórico! Pois até aí tudo bem então, em 2017 eu entrei na faculdade e resolvi verificar no 4 semestre através de um estágio em escola pública, consultei o meu RGI só que para a minha surpresa não constava esse colégio como concluído, ou seja cair em um golpe!!! Fui até a escola e a moça não estava mais, e você sabe como é ninguém quer saber de nada, então vi os testemunhos aqui e também com a ajuda de uma professora da faculdade, fui terminar o que estava faltando, estou finalizando falta só mais uma prova que irei fazer essa próxima semana, e a escola está ciente desse acontecido, mas não parei com a faculdade, o que ocorre é que irei terminar ambas agora esse ano, gostaria de saber qual é o valor dos seus honorário para conseguir convalidar esse conflito de data para a minha situação, resido em São Paulo?
    No aguardo do mais breve retorno.
    Atenciosamente,

  128. Sônia R. Aranha comenta:

    dezembro 5, 2019 @ 22:02

    Emmanuelle, envio por e-mail,ok?
    abraços

  129. Denise Ligorio comenta:

    dezembro 15, 2019 @ 2:06

    Boa noite. Em 2015 entrei para a UFF – RJ para cursar Letras, entreguei toda documentação e meu diploma de conclusão do Ensino Médio. Estou me formando agora em Dez de 2019 e fui informada que meu Histórico não é válido. Ocorre que me formei do ensino médio em 1980 num Colégio Estadual, em Técnico de Construção Civil e o documento emitido na época era um diploma em papel moeda e no verso o histórico. O que devo fazer?

  130. Sônia R. Aranha comenta:

    dezembro 18, 2019 @ 18:59

    Denise L. resolver junto a SEEDUC . .. vá a um Poupatempo ou mesmo na SEEDUC para verificar isso se a escola já for extinta. Se a escola existir, peça uma 2a via.

    abraços

  131. Francisco Corrêa Lima Neto comenta:

    dezembro 21, 2019 @ 20:49

    Olá, eu terminei o ensino médio em 2014. Recebi o histórico escolar e o certificado de conclusão do ensino médio. Iniciei uma graduação e me formei, porém tem dado problema para eu colar grau e posteriormente pegar os documentos em razão de dados que estão equivocados no certificado, onde data, mês e ano correspondentes ao meu nascimento estão erradas, inclusive a naturalidade. Sou de Belém, estudei no RJ, mas colocoram RJ. Eu nasci em 23/05/1996 e lá, colocaram 24/04/2006. No histórico, eles erraram apenas o dia, ao invés de colocar 23, colocaram 27. Eu teria que ir nessa escola pedir solicitação de correção do documento?

  132. Sônia R. Aranha comenta:

    dezembro 27, 2019 @ 5:20

    Francisco, precisa solicitar por escrito (e faça cópia para ter o protocolo)a correção da documentação escolar. Encaminhe cópia dos documentos com a indicação dos erros. Não deixe os originais, se for possível . ok?

    abraços

  133. Angelo Miranda comenta:

    dezembro 24, 2019 @ 23:51

    Olá… terminei o ensino médio em uma escola que faliu, porém consegui um certificado para me matricular em uma IES, logo em seguida abri um processo para obter o diploma, porém o fim da graduação estava se aproximando, daí como o processo nunca dava resultado eu resolvi procurar outro meio para conseguir o diploma, fiz a prova do ENCCEJA, consegui a nota e posteriormente o meu tão sonhado diploma do ensino, até ai tudo bem… surpresa mesmo foi quando levei o diploma na secretaria da faculdade para colar grau, eles simplesmente não aceitaram e falaram que só vão aceitar se vier um diploma do processo da escola falida…

  134. Sônia R. Aranha comenta:

    dezembro 26, 2019 @ 15:45

    Angelo , esquece o que a faculdade disse… entre com um documento de Convalidação de Estudos junto ao Conselho Nacional de Educação. O CNE deferindo o seu pedido em parecer , você leva na faculdade e a faculdade terá que emitir o diploma e se não fizer você entra com mandado de segurança contra a faculdade.

    Mas precisa do Parecer do CNE deferindo a convalidação de seus estudos, ok?

    Eu presto serviço de escrever o documento para o CNE, mas cobro honorários, caso precise, entre em contato.

    abraços

  135. Adriana Nogueira de moraes comenta:

    janeiro 25, 2020 @ 16:57

    Estou com problemas em relação a minha conclusão de ensino médio conflitante com a conclusão do meu curso de pedagogia.
    Em 2010 prestei vestibular na Unicid e apresentei meu histórico escolar o qual havia solicitado a escola estadual onde cursei o ensino medio o qual saiu com data de emissão 30/06/2010. Segui meu estudos. E no ano de 2014 fui convocada e fiz o ENADE. Posterior a isso tive que parar a faculdade por problemas pessoais e solicitei um histórico para quando eu voltasse poder pedir dispensa de disciplina.E a mesma assim me forneceu com data de emissão de 15 de dezembro de 2015.
    Voltei e concluí minha licenciatura agora em dezembro de 2019 porém em 03 de janeiro a faculdade me solicitou q procurasse a escola estadual onde fiz o ensino médio e questionasse pq minha minha conclusão não foi lançada no Gdae e solicitou novamente histórico e certificado de conclusão. Fui atrás e tive uma surpresa desagradável. Existia uma pendência de inglês , segundo eles ha 19 anos atrás por ter vindo de escol A técnica o qual na época era junto o ensino médio tive q fazer adaptações para concluir o ensino médio normal porém faltou a disciplina de inglês o qual só perceberam em 2007 onde invalidaram meu Gdae. Porém me entregaram um histórico em 2010 com conclusão em 2001 conforme Gdae sem efeito. Para correção do problema me fizeram fazer o tal trabalho para me darem o n. Do Gdae. Falei até com a supervisora de ensino e ela falou q ia mudar a data de conclusão para 2019 e assim fez. Estou com 2 gdae um sem efeito conclusão 2001 e um com efeito conflitando com a data de conclusão do curso de ensino superior 2019.
    Comuniquei a faculdade o qual ia analisar o caso mas tenho medo de perder prazos e pois passei em 2 processos seletivos e um inclusive podem me chamar agora em fevereiro com o início das aulas e não ter como assumir.
    E a vergonha de ter enviado curriculos e não ter como explicar estes embrolhos.
    Se puderem me ajudar.
    Muito obrigada.

  136. Sônia R. Aranha comenta:

    fevereiro 3, 2020 @ 16:05

    Olá Adriana, o conflito de datas resolve-se junto ao Conselho Nacional de Educação. È preciso encaminhar a solicitação para o CEE.

    Eu presto serviço de elaborar o documento, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato: sonia@centrodestudos.com.br

    abraços

  137. JU comenta:

    fevereiro 22, 2020 @ 2:09

    Olá Sonia,
    Conheci seu trabalho através na net, e gostaria de uma informação sua para prosseguir com contra a Faculdade Cruzeiro do Sul. Vou resumir o meu caso abaixo:

    2005 Concluí meu Ensino Médio, tenho certificado em mãos, com visto confere, data, livro e folha constando a publicação;
    Em 2016, matriculei na UNICID que é da Cruzeiro do Sul, cursei Gestão Pública, tenho provas realizadas com sucesso, Horas em, Atividades Extracurriculares e ENADE
    Quando recebi o e-mail para colar grau, me pediram novamente meus documentos e não aceitaram o mesmo Certificado que apresentei na matricula, negaram o meu Diploma, solicitando a cópia da folha do diário OFICIAL do Rio de Janeiro.
    Oque eu fiz?
    1- Entrei em contato com a escola, mas ela fechou…falei com o representante do polo que ainda está na ativa e fiquei aguardando resposta
    2- Ao mesmo tempo me inscrevi no ENCEJA, para me calçar caso não conseguisse o anterior,
    Conclusão:
    *Passei no ENCEJA 2019 apresentei o documento a faculdade, a qual NEGOU novamente o Diploma alegando conflito de data, sendo o Ensino Médio posterior ao término do Curso Superior.

    Continuo reivindicar a cópia da folha do diário oficial de onde conclui meu Ensino Médio, e alegam que por ter passado muito tempo não aparece mais no sistema, pois há registros somente de 10 anos atrás, já solicitei que um funcionário veja nos arquivos e me envie por email, mas não obtive resposta.
    Minha Dúvida?
    A faculdade pode me causar esse constrangimento, transtorno e prejuízo todo? Porque se me negassem na matrícula eu nem teria realizado o curso com tanto esforço, pagando em dia no 5º dia útil, me selecionaram até para fazer o ENADE e realizei com sucesso, para no momento ter essa tremenda dor de cabeça e detalhe eu preciso urgente desse diploma para incluir no meu currículo e apresentar para trabalho.
    Confio no seu bom trabalho e gostaria de uma posição, acha que consigo na justiça esse diploma?
    Muitíssimo Obrigado

  138. Sônia R. Aranha comenta:

    fevereiro 28, 2020 @ 22:08

    Ju, para resolver o seu problema é fácil…

    Tem que solicitar a convalidação de estudos (Ensino Médio feito pelo Enceeja) junto ao Conselho Nacional de Educação. O CNE emitindo parecer favorável a sua solicitação a faculdade emitirá o seu diploma.

    Não é necessário ir para o Judiciário, pelo menos não neste momento.

    Eu presto serviço de escrever o documento para o CNE mas cobro honorários para fazer isso.

    Meus clientes tem obtido êxito e resolvido o problema junto a faculdade.

    Caso queira contratar meus serviços entre em contato: sonia@centrodestudos.com.br ou saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  139. Flauber Victor comenta:

    março 13, 2020 @ 20:03

    Prezada Sônia, boa tarde.

    Assim como muitos também fui vítima do golpe do supletivo. Sou do Rio de Janeiro, e no meu caso fiz o supletivo para conclusão do ensino médio pelo Centro Educacional Futura. Tenho em mãos somente o histórico e uma cópia da publicação do diário oficial que tirei pela internet. Dei entrada na SEEDUC para emissão do meu certificado e para minha surpresa me informaram que o certificado da instituição era inválido. Estou terminando um curso técnico no final de 2020 e tenho previsão para terminar a minha graduação ao final de 2021. A funcionária da SEEDUC me recomendou fazer Encceja e tirar um novo diploma. A minha dúvida é se o curso técnico e a faculdade aceitarão o meu novo diploma em visto que o ano de conclusão seria 2020, uma vez já matriculado em ambas as instituições.

  140. Sônia R. Aranha comenta:

    março 16, 2020 @ 19:35

    Flauber , é isso mesmo, preste o Encceja. Obtendo o certificado válido emitido por órgão público via Encceja você terá o problema de conflito de datas porque o certificado do ensino médio terá data após a data do ingresso na faculdade. Daí terá que solicitar para o Conselho Nacional de Educação convalidação de estudos.

    Eu presto serviço de elaborar o documento de convalidação de estudos, mas cobro honorários. Tenho feito isso para muitos clientes e o retorno do CNE é de 90 dias, mais ou menos, ok?

    abraços

  141. Ilma Sousa comenta:

    março 17, 2020 @ 14:06

    Bom dia,

    Terminei meu ensino médio no Colégio Pódio, como outras pessoas aqui. Em 2015 e iniciei a faculdade logo após.
    Terminei os 4 anos e no final, a faculdade me cobrou o visto confere, pois a documentação que eu havia entregue, não constava.
    Fui atrás do colégio, mas, o mesmo foi extinto, então abri um processo administrativo na SEEDUC, mediante a entrega do diário oficial. Me pediram para aguardar, para que possam emitir o visto que eu preciso.
    Deram um prazo de até 4 meses, e gostaria de saber se demora tudo isso mesmo.
    Perdi a colação de grau e por isso estou chateada.

  142. Sônia R. Aranha comenta:

    abril 10, 2020 @ 2:39

    Ilma Soares, sim demora até mais do que isso..

    Eu recomendaria você a cursar o CEJA se mora no Estado de São Paulo. É um supletivo em escola pública, gratuito e rápido. Feito isso terá um certificado válido no Estado de São Paulo e daí terá que entrar em contato com o Conselho Nacional de Educação para convalidar os estudos e com isso a faculdade emitirá o seu diploma. O CNE demora 60 dias para emitir Parecer, mas resolve o problema, ok?

    Prestamos serviço de escrever o documento de solicitação para o CNE , mas cobramos honorários, na ocasião se precisar, entre em contato.

    abraçso

  143. RENATA Vieira comenta:

    abril 1, 2020 @ 12:58

    Conclui em 2011, o ensino médio, no Instituto Andreas Brunner e não consigo me inscrever no vestibular. Sabem me informar se existe mesmo? Ou fui enganada?!

  144. Sônia R. Aranha comenta:

    abril 10, 2020 @ 2:21

    Renata Vieira, depende de onde mora, quando fez , se o certificado tem visto confere e se o seu nome de concluinte foi publicado no DOERJ. Mas em regra, se for do Estado de São Paulo não vai conseguir ingressar na faculdade e se conseguir no final a faculdade não emitirá o diploma.

    De modo que recomendo que refaça em uma escola pública o Ensino Médio ou preste Encceja.

    ok?

    abraços

  145. ANA PAULA MARTINS comenta:

    abril 3, 2020 @ 1:29

    Terminei minha graduaçao, e meu diploma e do rio de Janeiro,moro em goias, agora eles estão falando que meu diploma não e valido! Me passa um contato para que eu possa falar com alguem! Estou muito desesperada

  146. Sônia R. Aranha comenta:

    abril 10, 2020 @ 2:15

    Ana Paula, o valor da nossa consulta é R$ 60,00.

    Banco Itau-Unibanco:341
    Ag 1370
    c/c 05064-1
    CPF: 077539168-90
    Sônia Maria Aranha Rodrigues de Andrade

    Caso queira contratar nossos serviços para analisar o seu caso e lhe dar orientação entre faça o depósito e entre contato por e-mail sonia@centrodestudos.com.br e encaminhe o seu contato de whatsaap que entraremos em contato.

    Aqui, respondemos a todos de forma gratuita, mas adianto que escola do Rio de Janeiro não tinha autorização de funcionar no Estado de Goiás. O melhor caminho para você é refazer o Ensino Médio em escola pública supletiva ou prestar o Encceja, para obter um certificado de conclusão do Ensino Médio válido. Depois terá que solicitar ao Conselho Nacional de Educação Convalidação de Estudos e encaminhar para a faculdade poder emitir o seu diploma.

    O caminho é trabalhoso mas dá certo.

    Mas se quiser que analisemos o seu caso com mais apuro e lhe orientaremos após junto ao Conselho (também elaboramos o documento quando obtiver um documento válido, mas cobramos honorários descontando a consulta se for feita)

    ok?

    att

  147. Mateus comenta:

    abril 3, 2020 @ 15:55

    Boa tarde Sonia. fiz meu ensino medio pela escola EPEC AVM , conclui no ano de 2009
    recebi certificado e publicação no diario
    como eu posso saber se é valido ou não ?

  148. Sônia R. Aranha comenta:

    abril 10, 2020 @ 2:11

    Mateus, no verso do certificado tem que ter um carimbo e assinatura do inspetor escolar, servidor público da Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro. O certificado deve ter sido emitido no período que a escola tinha autorização de funcionamento -2010. E o seu nome deve ter sido publicado no Diário Oficial do Estado do Rio de janeiro.

    Tendo tudo isso a priori está correto, mas , se você mora em São Paulo e nunca morou no Rio, o problema é que esta escola não tinha autorização de funcionar aqui…

    Eu recomendo que você preste Encceja ou curse o CEEJA para obter uma conclusão de Ensino Médio que não lhe dará nenhum problema, ok?

    abraços

  149. thiago comenta:

    maio 28, 2020 @ 21:24

    Boa noite, meu caso e uma coisa que por minha culpa aconteceu.
    Eu estava em um curso de 2016 a distancia (luminis)
    conclui o curso no final de 2016 porem eles estavam com muitos problemas. Então comecei em outro para pegar meu tão sonhado diploma de segundo grau eu queria iniciar minha faculdade , dai quando fiz a matricula entreguei meus documentos do primeiro curso, que logo já estava incapacitado de emitir certificado e no diário oficial, agora estou prestes a me formar e pretendo enviar os documentos do meu segundo curso. concluído em 2017. que já tenho o certificado e já saiu no diário oficial. acredito que vai ter incoerência.
    o que devo fazer nesse caso. a faculdade esta me pedindo os documentos.

  150. Sônia R. Aranha comenta:

    junho 8, 2020 @ 20:22

    Thiago se o segundo curso estiver ok , a escola é autorizada você deverá solicitar junto ao Conselho Nacional de Educação convalidação de estudos em função do conflito de datas entre o ingresso na faculdade e a data do término do ensino médio mais recente. O CNE, em regra, defere o pedido emitindo um parecer que você poderá levar na faculdade para convalidar os seus estudos,ok?

    Eu presto serviço de elaborar o documento para o CNE mas cobro honorários, caso precise, entre em contato: sonia@centrodestudos.com.br

    abraços

  151. João Paulo comenta:

    junho 10, 2020 @ 16:44

    Conclui o primeiro grau na CLEP Curso Livre Educacional Progresso localizado em Embu das Artes-SP, porém no final eles me deram um histórico escolar que tenho em mãos do Centro Educacional Futura localizado Rio de Janeiro, não deram o certificado só o histórico escolar, estou para me formar no ensino superior agora mês que vem, depois de estudar 3 anos a faculdade solicitou o certificado conclusão primeiro grau, quando fiz a matricula só pediram o histórico onde entreguei e até então não disseram nada, fui verificar sobre as escolas onde conclui o ensino primeiro grau e ambas fecharam, o que posso fazer nesse caso?

  152. Sônia R. Aranha comenta:

    junho 26, 2020 @ 18:14

    João Paulo, infelizmente você foi vítima de um golpe e não concluiu o Ensino Médio.

    Recomendo que refaça o Ensino Médio via https://ceejasinhapantoja.blogspot.com/2018/09/ceeja-centro-estadual-de-educacao-de.html É supletivo público, gratuito e flexível.

    Depois, com o certificado válido em mãos, emitido por escola pública poderá solicitar junto ao Conselho Nacional de Educação a convalidação de estudos para eliminar o conflito de datas entre o término do novo Ensino Médio e o ingresso no Ensino Superior.

    Quando estiver nesta fase caso precise, elaboro o documento para o CNE, mas cobro honorários para fazê-lo.

    ok? abraços

Por favor, Deixe um comentário aqui !




  • Veja Também


    Meta